Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

amulherqueamalivros

29.09.17

"MENINA BOA, MENINA MÁ" | ALI LAND

Cláudia Oliveira
    Ficava ansiosa sempre que pousava o livro e esperava pela próxima pausa para continuar a leitura. Devorei o livro até à última página antes de adormecer e ainda tive direito a pesadelos com as personagens. Já não acontecia há algum tempo com um thriller psicológico.   Milly tem quinze anos quando se vê obrigada a denunciar a sua mãe à policia. A mãe dela é uma assassina, mata crianças, obriga-a a assistir e limpar as provas depois do crime. A mãe dela usa o seu (...)
14.08.17

"O JARDIM DAS BORBOLETAS" | DOT HUTCHISON

Cláudia Oliveira
    Este é o primeiro de uma trilogia intitulada "Coleccionador". Começa com o pé direito, com fortes indicações de se tornar numa escritora reconhecida no seu meio. E até parece que existe uma disputa entre duas produtoras para a sua adaptação. Certamente um filme arrepiante.   Neste livro o nosso vilão adora coleccionar meninas. Assim que chegam ao Jardim, tatua as costas de todas com asas lindas e brilhantes. São violadas, massacradas e depois mortas. Quando mortas (...)
17.07.17

PASSATEMPO | SUMA DE LETRAS

Cláudia Oliveira
  Vamos começar a semana com um passatempo? Juntamente com a Suma de Letras vou sortear um pack com dois livros da autora Elísabet Benavent. Passatempo decorre no Facebook, na página "A Mulher que Ama Livros".   SINOPSE Divertida, emocionante e sexy como tu!  Valeria é uma escritora de histórias de amor. Valeria vive o amor de forma sublime. Valeria ama Adrian até que conhece Victor. (...)
10.07.17

"O CASTELO DE VIDRO" | JEANNETTE WALLS (texto + vídeo)

Cláudia Oliveira
    Quantos anos tem a nossa memória mais antiga? Acho que a minha memória mais antiga foi guardada quando tinha seis anos. Alguém recorda os primeiros anos da sua vida? Dificilmente, não é? Na gaveta das memórias quantas recordações escondes e preferias apagar?  Jeannette Walls é neste momento uma jornalista famosa, neste livro acompanhamos a sua vida, sobretudo a forma como foi educada. Enquanto cresce, passa por várias experiências de negligência por parte dos (...)