Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

amulherqueamalivros

Qua | 16.05.18

NO JARDIM DO OGRE | LEILA SLIMANI

Cláudia Oliveira

2018-05-17 01.49.41 1.jpg

 

No Jardim do Ogre foi o primeiro romance escrito pela autora Leila Slimani recentemente publicado pela Alfaguara. É a autora de um dos meus livros preferidos do género thriller psicológico, Canção Doce, vencedor do prémio Goncourt. Leiam, não se vão arrepender, promessa de quem ama livros. Não dá para parar, nem ficar indiferente à sua escrita.  É absolutamente fantástico.

 

Neste livro conhecemos a Adèle, uma mulher com uma enorme fome sexual, casada e mãe de um menino. Ela é uma mulher insatisfeita no meio de um círculo de aparências, cujo a maternidade e o casamento com um homem bem-sucedido não lhe dá felicidade. Daí a comparação com Madame Bovary na contracapa. Entre traições, mentiras e desejo procura o absoluto arriscando o conforto e a segurança da sua vida.

 

Foi uma leitura incómoda. Dado o realismo da escrita da autora as cenas intensas e perturbadoras criam imagens vívidas na nossa mente. É extraordinária a forma como a insaciedade de Adèle é descrita, como acabamos a julgar a personagem e a acreditar na sua existência.

 

Esperamos pela tragédia a qualquer momento. Queremos ver Adèle perante a verdade ou a perda. Queremos conhecer melhor as suas motivações. Estamos habituados a ler sobre homens com estas atitudes. Ainda é incómodo para a sociedade estar perante uma mulher como ela. Uma mulher precisa de uma justificação para trair, um homem pode sentir apenas desejo. Aqui a história inverte-se e foi exatamente isso que me surpreendeu.

 

É uma história com passagens cruas, de uma enorme intensidade sendo difícil gerir as nossas emoções em relação a tudo o que está a acontecer. É uma autora para continuar a acompanhar. No entanto, continuo a preferir o registo de Canção Doce sendo esse o meu preferido.

 

goodreads twitter instagram facebook

Qua | 16.05.18

5 DICAS PARA COMEÇARES A LER AINDA HOJE

Cláudia Oliveira

facebook_capa_novo_link.png

 

 

Como começar a fazer da leitura um hábito diário. Cinco dicas gerais que só funcionam se as levares realmente em conta. Uso todas e juro que são infalíveis.

 

- Encontra a tua grande motivação

Descobre porque queres fazer da leitura um hábito. Seja porque tens imensos livros por ler na estante, queres atingir uma meta, queres melhorar a tua escrita ou oralidade. Uma grande motivação será um empurrão.

 

- Escolhe o livro certo de acordo com o momento da tua vida

Um livro conectado com o momento da tua vida dá-te mais vontade de passar algumas horas a ler. Por exemplo: Se estás numa fase de reeducação alimentar, livros sobre o tema vai motivar-te. Se descobriste agora a meditação ou o minimalismo, talvez seja boa ideia dares oportunidade a livros sobre organização, desenvolvimento pessoal. Existem livros para todos os gostos e momentos. Podes procurar várias sugestões no meu blog ou nos vídeos. Se quiseres, envia-me uma mensagem ou e-mail para trocarmos dicas.

 

- Faz da leitura um hábito diário, meia hora no mínimo

Reserva meia hora todos os dias para ler. Não custa nada. Prometo. Daqui a pouco, o hábito de leitura estará enraizado. Meia hora só para ti e para a tua história. O teu momento, uma caneca de chá um café e o teu livro. É maravilhoso!

 

- Larga a internet, por um bocadinho

Para leres mais precisas de ter disciplina. Se passares muito tempo nas redes sociais não vais ter tempo. Esta é aquela dica que todos os leitores vão dar. Não dá como evitar. Coloca o telemóvel longe, em modo avião ou desliga. Também podes oferecer-te meia hora de internet depois de algum tempo dedicado à leitura, como uma recompensa.

 

- Encontra outros leitores

Conversar com outros leitores dá um enorme ânimo às leituras. Escutar leitores sobre as suas leituras dá vontade de começar a ler. Quando falamos de livros fazemos de forma tão animada que é impossível não ficares empolgado também. Podes tentar o site Goodreads, a malta dos livros está por lá. Podes entrar num clube literário. Se fores aos encontros do Clube dos Clássicos Vivos vais passar a gostar de ler clássicos, 90% de certeza. Se assistires a vídeos no Youtube sobre livros vais aumentar a tua lista significativamente. Lê blogs sobre livros. Visita bibliotecas. Junta-te a nós se queres ser como nós. Já diz a minha avó.