Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

amulherqueamalivros

Ter | 03.02.15

Saga "ver todos os filmes nomeados para os Óscares antes da gala" | O Meu Nome é Alice

Cláudia Oliveira

8b0d268963dd0cfb808aac48a549829f.jpg

 

Ontem vi o filme O Meu Nome é Alice com a actriz nomeada para os Óscares como Melhor Actriz. O filme é sobre uma mulher com cinquenta anos, bem sucedida, três filhos, um bom casamento, a quem é diagnosticada a doença Alzheimer.

 

Os claros sinais da doença como a falta de memória vai revelar-se ao longo da rotina contra toda a batalha da Alice. Ela tenta de todas as formas contornar e lutar contra a falta de memória. Também é retratado ao longo do filme a forma como os outros lidam com essa doença. Os filhos e o marido. Deve ser muito complicado gerir .

 

Mostra as diferentes personalidades dos filhos de Alice, consequentemente o trato que dão à mãe. A menina perfeita, a menina relaxada e o rapaz preocupado qb. De salientar a relação que Alice tem com a filha mais nova. Ela está ali para atenuar o drama do filme. Para nos fazer pensar.

 

Confesso que o filme mexeu comigo. Spoiler: No momento em que Alice faz um comovente discurso eu segurava o meu filho nos braços. Como é frágil a vida. Como deve ser horrível acordar e não recordar o sorriso dos nossos filhos.


Dei 7/10. Julianne Moore está brilhante. A cena final é arrepiante!

Dom | 01.02.15

Mês Encerrado | Janeiro

Cláudia Oliveira

Saldo positivo

Li 4 livros. Estou a terminar ainda dois.

Vi 9 filmes. 

Li pela primeira vez um HQ. 

Realizei a receita do desafio 12 Livros 12 Receitas. Vídeo sai amanhã dia 2/2/2015. Mas já fiz vídeo sobre o livro lido de um autor espanho. 

Não comprei nenhum livro. Consegui trocar um livro e recebi um livro de uma autora. 

Estou a meio do clássico do mês.

Estou a meio do livro do tema do mês: Reis, rainhas e princesas.

Criei uma TAG chamada Baralho de Cartas.

Registei o mês de janeiro a todos os níveis. 

Fiz um vlog no dia do meu aniversário.

Respondi à TAG Problemas de uma leitor.

Mostrei a primeira e a segunda parte da colecção 200 livros por ler.  

 

Saldo negativo

Não consegui ler o livro para o desafio Ler Saramago.

Não terminei dois livros. 

 

2015 Boletim de Leituras

2015boletim.jpg

Preenchi:

Um livro com opiniões boas: HQ Maus I e Maus II de Art Spiegelman

Um livro recomendado por um blog: Sartre e Beauvoir de Hazel Rowley. Recomendo pelo blog As Bastardas. 

Um livro de contos: Quando Fui Mortal de Javier Marías

 

Notas

Amanhã vou gravar e editar o vídeo das Leituras do Mês juntamente com o vídeo da receita espanhola. Durante a próxima semana sairá o vídeo com as leituras para Fevereiro.

 

fotografia (10).JPGfotografia (9).JPGfotografia (8).JPG

 

 

 

 

 

Dom | 01.02.15

Saga "ver todos os filmes nomeados para os Óscares antes da gala" | Sniper Americano

Cláudia Oliveira

 

Fui ao cinema ver Sniper Americano. Que filme! Adorei.

Este filme é baseado numa história verídica. Portanto, se queres ser surpreendid(o) não faças nenhuma pesquisa no Google antes de veres o filme. O factor surpresa é o factor principal deste filme. Deixa uma pessoa à beira de um ataque de nervos. Se fosse menina de roer as unhas tinham ficado despachadas em três tempos.

Bradley Cooper faz de sniper, a Lenda, Chris Kyle. Grande representação, justa nomeação para Óscar como melhor actor. Tiques na boca, toda a expressão corporal alterada. Incrível! Ele alista-se para defender a pátria e vai parar aos SEAL. Após o atentado de 11 de Setembro ele é enviado juntamente com uma equipa para o Iraque. 

O filme mostra como pode ser duro tomar alturas decisões, deixar a família e conviver com o ambiente duro no Iraque quando regressa a casa. Achei o filme bastante interessante a esse nível. Acho que nunca um filme abordou o lado pessoal de um sniper. Ao longo de toda a história estamos ao lado sniper, torcemos por ele e tamb+em nos irritamos com ele. 

Na verdade, para mim, o filme teria terminado um bocadinho antes. Spoiler: quando ele regressa a casa e não conta à mulher justificando que precisava de um bocado para ele. 

Dou 9/10 estrelas por tudo. Marcou-me, mexeu comigo e ainda me deixou a pensar durante vários dias. Recomendo imenso! É um dos meus preferidos do Bradley Cooper. 

Pág. 10/10