Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Laís Bodanzky, a directora deste filme, brinca com a câmara de forma a tornar a experiência de quem está a ver o filme mais agoniante e claustrofóbica. A banda sonora, em alguns momentos, ajuda a intensificar o drama. Durante o internamento do Neto na clínica psiquiátrica, senti uma constante agonia. Por causa dos maus tratos, da indiferença dos pais e sofrimento do próprio Neto. Incomodou-me. Chocou-me. 

 

O filme é bastante forte e denuncia uma realidade (será? gostava de pensar que não) vivida dentro das clínicas psiquiátricas no Brasil (ou no mundo inteiro). Os tratamentos à base de comprimidos que em vez de ajudar, pioram a situação do paciente. A relação do Neto com os pais também não é a melhor. O pai é insuportável, só está preocupado com o que os outros vão falar. Quantos pais são assim? É um bom filme, foi uma experiência sensorial do começo ao fim. 

 

O actor Rodrigo Santoro está perfeito para o papel de Neto. Gostei bastante da sua entrega. Transmitiu as emoções de forma muito realista. 

 Já viram? Gostaram? 

O filme está disponível no Youtube. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Isabele de Paula a 21.01.2016 às 18:17

É um dos meus filmes favoritos. O Santoro está impecável nele.
Essa foi a realidade das nossas instituições psiquiátricas durante muitos anos. Ainda bem que não mais.
Mas recentemente a comunidade médica tremeu pois um antigo diretor de uma dessas clínicas foi nomeado para coordenador da Saúde Mental aqui no Brasil, foi um reboliço. Infelizmente, parece que os esforços e protestos para revogar a nomeação foram em vão.
Aguardemos. :(
Sem imagem de perfil

De Michelle a 22.01.2016 às 10:59

Esse filme é incrível. Realmente, dá uma angústia tremenda.
Ótima escolha! :)

Comentar post




Mais sobre mim

foto do autor


QUER ANUNCIAR O SEU LIVRO? claudiaoliveira23@gmail.com


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D