Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

“Beloved” de Toni Morrison está na minha lista de leituras para este ano. Incentivada por dois vídeos no Youtube (da Luara e da Juliana) comecei a ler o livro ontem à noite. A minha edição saiu com a revista Sábado numa colecção intitulada “Autor Nobel”. Toni Morrison ganhou o Prémio Nobel da Literatura em 1993, este livro venceu o Prémio Pulitzer em 1988. “Beloved” é o primeiro livro de uma trilogia, “Jazz” publicado em 1992 e “Paraíso” em 1997 são os títulos seguintes.

 

A autora inspirou-se em factos reais para escrever este livro. Em 1856, Margaret Garner foge da fazenda onde é escravizada para Ohio, onde a escravatura não é permitida. O dono da fazenda vai à sua procura, encontra-a para a levar de volta. Margaret num acto de amor/loucura mata a sua própria filha para a proteger da escravidão. Partindo desse facto, a autora escreve o seu romance.

 

A narrativa tem uma estrutura semelhante à da memória, com passagens desconexas, nada linear. Pode ser uma leitura mais complicada para alguns leitores. No meu ponto de vista, é um ponto forte neste livro. No primeiro capítulo conhecemos Sethe, a mulher que matou a sua própria filha. Ela vive com a sua filha Denver, uma personagem perturbada devido às visitas do fantasma. Ambas são visitas pelo Paul D., um ex-escravo, amigo da família.

 

Estou a gostar imenso do clima obscuro e misterioso da história. Este livro obriga a uma atenção que o lugar mais calmo da casa pode dar. Sinto que estou perante um livro com uma história muito forte. Uma excelente leitura espera-me. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor