Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


QUER ANUNCIAR O SEU LIVRO? contactoclaudiaoliveira@gmail.com


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




A Magia do Acaso | Tiago Rebelo

por Cláudia Oliveira, em 03.11.16

IMG_4499.JPG

 

Segunda oportunidade dada ao autor. Depois de uma primeira experiência menos positiva acabei por gostar deste livro devido à sua dinâmica e narrativa veloz. O autor tem uma escrita simples, corriqueira. Diversos diálogos plantados em capítulos curtos. "A Magia do Acaso" acabou de sair pela editora Leya, com o selo ASA. Tem quatrocentas páginas, mas nem dei por elas. 

 

Esta história fala nos encontros e desencontros da vida comum. Numa sociedade comandada pelas redes sociais, modificada na sua essência, Tiago Rebelo pega na ideia quase esquecida de uma paixão ao primeiro olhar e mostra como ainda é possível o amor acontecer fruto do acaso. Personagens com características familiares e comuns do nosso dia a dia, acabamos por identificar facilmente conhecidos ou amigos nas diversas situações espelhadas no romance. 

 

Vidas frustradas, com empregos monótonos e casamentos fracassados, vão encontrar a esperança através da paixão e do desconhecido. Retrato fiel de algumas relações, Tiago Rebelo apresenta um leque de situações bastante comuns nas relações à nossa volta. Traições, sentimentos de culpa, medos e coragem. Reconheci alguns casais amigos nesta história, ao longo da leitura parecia que o autor estava a falar sobre eles.  

 

Não simpatizei com nenhuma personagem em particular. Confesso que me desinteressei pelo destino das personagens a dada altura. Quando o autor resolve integrar mais personagens ainda fiquei menos interessada. As pontas soltas foram atadas, mas não adorei o final escolhido. Senti falta de camadas, aprofundamento em relação às características e atitudes. Considero desnecessários a maioria dos diálogos para o desenvolvimento do romance. 

 

Gostei da presença de temas muito actuais. A presença das redes sociais. A abordagem aos atentados. A crise na área da restauração. São pinceladas leves que enriquecem o romance. De leitura frenética, devido à escrita simples, é um romance para quem quer um livro de puro entretenimento para fugir aos dias cinzentos. 

 

Recomendo para quem procura um livro com histórias reais, de intrigas e amor à mistura. Onde a ocasionalidade é retratada através das personagens e das suas relações. Um livro que pode fortalecer a ideia tantas vezes escutada "nada é por acaso!". 

 

 

livro enviado pela editora

Minha pontuação 3*

No Goodreads

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


QUER ANUNCIAR O SEU LIVRO? contactoclaudiaoliveira@gmail.com


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D