Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



SOU LEITORA BETA CONTACTE-ME PARA AVALIAÇÃO contactoclaudiaoliveira@gmail.com

BREVEMENTE

Resultado de imagem para mario de carvalho novidade porto editora  Cronovelemas






CLUBE DOS CLÁSSICOS VIVOS

Resultado de imagem para a ilustracasa de ramires asa eça

OS MEUS NÓBEIS PREFERIDOS

por Cláudia Oliveira, em 19.11.17

tempImage (3).jpg

vencedor deste ano (2017)

 

 

Em Outubro foi anunciado o vencedor do Prémio Nobel da Literatura. A Academia Sueca escolhe um escritor todos os anos, sendo este um prémio polémico e pouco coerente em determinadas escolhas.

 

Costumo estar atenta ao nome vencedor e ter grandes surpresas após a leitura das obras dos designados vencedores. Conheci obras e autores fantásticos que talvez tivessem passado despercebidos se não integrassem esta lista. Herman Hesse, Ernest Hemingway, Yasunari Kawabata, Gabriel Garcia Marquez, Albert Camus, Toni Morrison, Alice Munro, entre outros. Hoje quero partilhar os meus nóbeis preferidos, indicando as duas obras preferidas. Escolhi apenas autores que li duas ou mais títulos.

 

Espero que gostem e não deixem de me dizer qual o vosso Nobel preferido e o livro. Mais sugestões são sempre bem vindas. 

 

tempImage (4).jpg

 

 

John Steinbeck

Nobel em 1962

 

As obras preferidas: "Ratos e Homens" (1937) e "As Vinhas da Ira" (1932)

 

Gosto sobretudo da dureza e realismo que coloca nas suas histórias. São episódios muito tristes e cruéis. Os dois livros tiveram um impacto enorme em mim e nunca os esquecerei. Para mim são duas obras primas da literatura mundial tal a sua complexidade e grandeza. Quero ler mais livros do autor. O título que mais me desperta interesse é "A Leste do Paraíso".

 

 

Samuel Beckett

Nobel em 1969

 

As obras preferidas: "Ah, os Dias Felizes,Não Eu" e "À Espera de Godot"

 

Este autor marcou-me, mexeu na ferida. Foi ao meu lado mais profundo e fez-me pensar. Mudou sem dúvida a minha perspectiva em relação ao tempo, à vida. É fenomenal. Pretendo ler "Watt".

 

 

 

 

José Saramago

Nobel em 1998

 

As obras preferidas: "O Ano da Morte de Ricardo Reis" (1984) e "As Intermitências da Morte" (2005)

 

 Gosto da genialidade e da critica contida nos seus livros. Surpreendo-me sempre que leio um livro de Saramago. Nunca fiquei desiludida com nenhum. O seu estilo é único, uma mistura de ironia sombria e delicadeza. Quero ler todos os seus títulos, o próximo será "O Evangelho Segundo Jesus Cristo".

 

 

 

Orhan Pamuk 

Nobel em 2006

 

As obras preferidas: "O Museu da Inocência" (2008) e "Uma Estranheza em Mim" (2014)

 

Gosto muito da sua sensibilidade. A forma como conta as histórias sobre as pessoas do seu país. É um excelente contador de histórias! Fico completamente ofuscada pela sua voz narrativa. Quero ler "Neve" e o seu livro de não fição "Outras Cores". 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Vargas Llosa

Nobel em 2010

 

As obras preferidas: "Travessuras da Menina Má" (2006) e  "O Herói Discreto" (2013)

 

Uma das minhas personagens femininas preferidas de sempre é a Lily, a menina má. As suas personagens são sempre inesquecíveis. Adoro a forma singela com que conta as historias enquanto revela a realidade e mística das suas raízes. Quero ler a grande obra "Conversas na Catedral".

 

 

 

Svetlana Alexijevich

Nobel em 2015

 

As obras preferidas: "As Vozes de Chernobyl" (1997) e "A Guerra Não tem Rosto de Mulher" (1985)

 

Graças a este prémio tive a possibilidade de ler dois grandes livros de não fição. É um trabalho impecável da autora que considero necessário e urgente.  São relatos duros e intenso. Obras maravilhosas. Quero ler tudo o que ela escreveu.

 

goodreads twitter instagram facebook 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Olá! Este vídeo é o inicio de um projeto especial sobre literatura portuguesa com a participação de mais booktubers. Começo eu e podes já conferir quem será o próximo canal (24 sugestões). Vou dar várias sugestões de autores portugueses maravilhosos e gostava muito que me indicassem mais autores. Se sentiram falta de algum nome. Aliás, quando foi a última vez que leste um autor português?

 

Canal da Holly Reader: AQUI

 

A lista dos autores está na caixa de informações no canal. 

 

goodreads twitter instagram facebook

Autoria e outros dados (tags, etc)

OS MEUS 10 YA (YOUNG ADULT) PREFERIDOS

por Cláudia Oliveira, em 04.11.17

Livros YA são livros para o público jovem adulto (14 a 21 anos). Obviamente que toda a gente pode ler, não há regras no que diz respeito à literatura. Pelo menos eu acredito que não. Normalmente os livros YA têm personagens entre a adolescência e a fase adulta. Lidam com questões difíceis, dúvidas, medos e várias inseguranças. Os temas podem variar entre Identidade, Sexualidade, Depressão, Suicídio, Divórcio, Bullying, entre outros.

 

Esta lista não está por ordem de preferência. São apenas os títulos preferidos dentro de tudo o que já li do género literário YA (Young Adult). Não deixem de ler estes livros por preconceito. Também existem clássicos YA, podem conferir.  YA são livros que nos alertam para assuntos importantes na vida dos nossos filhos, irmãos, amigos. Tenho tido grandes surpresas e hoje venho partilhar convosco o meu top dez.

 

Eleanor & Park (Rainbow Rowell) – Amei este livro.  As personagens são diferentes de tudo o que li dentro do género. Muito carismáticas e inesquecíveis. Têm gostos peculiares. A história de amor é a coisa mais fofa de todas e o final é um dos finais mais reais e tocantes que eu já li. Aborda assuntos como as diferenças sociais, famílias desequilibradas, bullying e o primeiro amor. Edições Chá da Cinco

 

Fala-me de Um Dia Perfeito (Jennifer Niven) – Este livro fez-me chorar imenso. Provavelmente da lista é o meu livro preferido. A empatia entre o casal de jovens, a escrita da Jennifer e o tema abordado completam este livro intenso. Está dentro do meu coração para sempre. Aborda a questão da depressão e a solidão. Nuvem de Tinta

 

Sete Minutos para a Meia Noite (Patrick Ness) – Um livro muito tocante! Patrick Ness mexe na ferida e deixa marcas. Escreve de uma forma muito bonita, fiquei interessada em ler mais livros dele. O filme também igualmente maravilhoso. Chorei as lágrimas todas que podia chorar na sala de cinema. Editorial Presença

 

A Lógica Inexplicável da Minha Vida (Benjamin Alire Sáerz)– Fiquei com vontade de ler mais livros do autor. Apesar de ser um livro cheio de tragédias traz esperança e aquece os nossos dias. O grupo de amigos deste livro representa o verdadeiro significado da palavra AMIZADE. Aborda questões profundas como o luto. TopSeller

 

O Universo nos teus Olhos (Jennifer Niven) – Gostei muito da personagem feminina e do tema abordado neste livro pela originalidade e quebra de tabus. Gordofobia e aceitação. Vale a pena pelo alerta. Eu gosto da escrita da Jennifer Niven, pretendo ler tudo o que ela lançar. Nuvem de Tinta

 

O Último Adeus (Cynthia Hand) – Livro intenso. Foi um livro que me meteu muito para baixo. Um filho que diz adeus à vida só pode ser a pior coisa na vida dos seus pais e dos irmãos. Esta história é contada do ponto de vista da irmã. Dói muito. Suicídio e perda são temas absolutamente pesados. TopSeller

 

O Coração de Simon contra o Mundo (Becky Albertalli) – O Simon é uma personagem importante na literatura para adolescentes. É homossexual e está a ser chantageado por um colega devido a esse seu segredo. Vale a pena conhecer a história divertida do Simon. Porto Editora

 

À espera no Centeio (JD Salinger)– Este livro tem o anti-herói mais irritante de sempre. Holden Caulfield. Ele está a lidar com a adolescência e tudo o que carrega. A escola não corre bem, sente-se sozinho, sem amigos, sem pertencer a lado nenhum. “Para onde voam os patos quando o rio congela?”. Eu gosto muito do Holden. Um clássico imperdívelQuetzal

 

As Vantagens de Ser Invisível (Stephen Chbosky)– Mais um adolescente com problemas emocionais, o Charlie. Diria que ele é um jovem depressivo, tímido e com extremas dificuldades de adaptação. Prefiro o filme, mas gostei bastante do livro. Não tem tradução

 

A Rapariga que Roubava Livros (Mark Zusak) – Um dos meus livros preferidos da vida. Uma menina acolhida por uma família depois de ser entregue pela sua mãe de forma a sobreviver na Segunda Guerra Mundial. Uma menina que lida desde muito cedo com a morte. Arrepiante. Este livro faz parte do Plano Nacional de Leitura – 9º ano de escolaridade. Editorial Presença

 

 

 

 

Já leram algum livro desta lista? Têm interesse em algum? Quais são os vossos YA preferidos?

Autoria e outros dados (tags, etc)

SUGESTÕES E DICAS

por Cláudia Oliveira, em 01.09.17

tempImage.jpg

 

Pois é, férias! Estou empolgada e feliz.

 

No entanto, antes de ir deixo algumas sugestões de leitura. Depois digam-me qual vos chamou mais a atenção ou qual gostaram mais. Escolhi praticamente os posts mais lidos na história deste blog.

 

Não se esqueçam que o passatempo Harry Potter termina no dia 12, podem comentar as vezes que quiserem. Fico contente que tenham gostado. A Potermania 2 começou hoje e eu já ando a ler o primeiro da série. No entanto, adianto que no domingo temos mais uma surpresa no canal do Youtube. Fiquem atentos.

 

Podem deixar sugestões de posts ou vídeos e deixar perguntas para um vídeo de perguntas e respostas quando regressar. Qualquer coisa que tenham curiosidade sobre o curso, lifestyle, organização, leituras, escritores, blog ou canal. Também podem sugerir um videoclip para o próximo "videoclip reacção" da rubrica "Life is Mixtape". Estão à vontade. 

 

Sugestões de leitura:

 

GIVEAWAY REGRESSO ÀS AULAS HARRY POTTER + CONVITE

Os livros são episódios da minha vida

Li os dez livros das Crónicas Gelo e Fogo!

Ler vários livros ao mesmo tempo

A Terceira Condição | Amos Oz

O Despertar | Kate Chopin

Um pouco de cinema com "Café de Flore"

"SEJA FELIZ SEM DIETAS" | MAFALDA RODILES 

A Rapariga no Comboio | Reacção, opinião do livro e filme 

Lista Traduzida Completa | Desafio de Leitura de Rory Gilmore 

A Vegetariana | Han Kang 

10 COISAS QUE APRENDI COM OS BLOGUES 

"FUI EU QUE FIZ" | MARGARIDA GARCIA E MARIANA GÓIS 

48 livros que precisas ler aos 30 anos 

Como ler cinquenta livros num ano

15 Escritores Que Influenciaram a Minha Vida

 

Até breve. Boas leituras para todos!

goodreads twitter instagram facebook

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Olha para a tua estante, para os teus livros preferidos. Gostavas de trocar impressões sobre eles? Ter um clube literário é a melhor forma. Para além disso podes conhecer pessoas com os mesmos gostos. Podes trocar indicações literárias e aprender muito com as discussões. No fundo, para criar um clube literário basta gostar de ler. Espero ajudar na criação do teu clube de leitura. Preparei algumas dicas para quem não sabe como começar! Se tinhas em mente criar um clube não desistas. Força, não há nada a perder.  Ler não precisa de ser um acto somente solitário. 

 

Temática. Já pensaste no teu género preferido? Policial, fantasia, poesia. Tens imenso por onde escolher. Queres abranger todos os géneros? Contemporâneos, infantil, clássicos? HQ, Mangás? 

 

Nome. Não te esqueças de escolher um nome para o teu clube literário. Algo que indique a temática e o público alvo. 

 

Datas. De quanto em quanto tempo queres discutir o livro? É preciso ter em conta o ritmo de leitura e o interesse de todos os membros na participação das discussões/encontros. 

 

Local da discussão. Os encontros presenciais são sempre muito produtivos e saímos com vários pontos de vista. É bastante interessante ver como um livro pode obter várias interpretações e atingir os seus leitores de distintas formas. Adoro falar sobre livros com pessoas que gostam de ler como eu. Escolhe um ponto de encontro acolhedor e perto de todos os membros. Também podes optar por discutir num clube virtual. Através da rede social Goodreads ou mesmo num grupo no Facebook.

 

Convida os teus amigos. Anuncia nas redes sociais a tua ideia. Não tenhas receio. O clube para crescer tem de começar de alguma forma. Incentiva os outros com a tua alegria e motivação. Se tiveres um blog ou página podes dar a conhecer por aí. As redes sociais são uma excelente ferramenta para a divulgação. 

 

Escolhe o livro certo ou dá a escolher. No inicio o ideal é escolher um livro que desperte o interesse de várias pessoas. Também podes optar pela votação em grupo. 

 

Debate. No momento da reunião/discussão procura ir preparada com perguntas e alguns apontamentos. Cria uma discussão saudável e interactiva entre o grupo. Sem formalidades, com um ambiente leve. Um pequeno lanche, troca de livros, tudo serve para ajudar na interacção entre os membros. 

 

Queres participar em clubes literários? Olhem só o que preparei para os leitores deste blogue. Uma pequena lista com vários clube literários. Se tiveres um clube literário e quiseres divulgar envia email [claudiaoliveira23arrobagmail.com] para acrescentar à lista. 

 

Clube dos Clássicos Vivos

Clube de Leitura Bertrand

Clube de Leitura Leituria em Lisboa

Comunidade de Leitores

Clube de Leitura São João da Madeira

Flâneur no Porto

Vários

Autoria e outros dados (tags, etc)

10 COISAS QUE APRENDI COM OS BLOGUES

por Cláudia Oliveira, em 02.08.17

Tenho um blogues há uns anitos. E adoro. Tenho aprendido várias coisas, tenho visto com bons olhos a evoluição. Perdi o interesse em seguir alguns blogues e encontrei blogues novos mega interessantes que adoro ler diariamente. Conheci pessoas espectaculares e com gostos muito parecidos com os meus. O balanço geral é muito positivo mesmo com alguns pontos negativos. 

 

- Faças o que fizerem há sempre alguém que vai criticar, não vai gostar e ainda quer explicações. Relativiza.

- Podemos fazer amizades verdadeiras e para a vida. E desamizades também. 

- Ter parcerias é muito bom.  Dão origem a experiências e oportunidades únicas. Pode incomodar algumas pessoas, mas se mantiveres a tua postura e princípios vais dormir descansado nesta vida.

- Os números são importantes (leitores, seguidores e likes). E não faz mal nenhum.

- Os anónimos são pessoas que visitam diariamente o blog. Só comentam sem nome. Uh, que grande novidade.

- As pessoas continuam a ler e a criar blogues. Não morreram. 

- Os comentários são a alma disto tudo. E é educado responder a todos. De preferência antes de passar um ano após o comentário. 

- A criatividade não abrange toda a gente. Vão copiar-te, imitar-te e fingir que não fizeram nada. Vão justificar com "já foi tudo inventado". Claro.

- O pessoal mais antigo vai passar a usar a expressão "no meu tempo..." sem perceber que até a blogosfera evoluiu e há blogues para todos.

- Se tiveres parcerias vão pedir-te descaradamente ajuda para conseguirem também. Se negares dar a informação vão ficar chateados, se disseres que "sim" não vão dizer um "obrigada". Faz de conta que conseguiram tudo sozinhos. 

 

EXTRA

- Ter um blog é espectacular. Venham as redes sociais que vierem (com ou sem parcerias). Tenham os números que tiverem. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

VEDA #20 ADAPTAÇÕES LITERÁRIAS PARA CHORAR

por Cláudia Oliveira, em 20.04.17

 

 

 

Choro muito no cinema. Com os livros nem por isso. Tenho uma lista de adaptações literárias que me meteram a chorar litros no cinema. Alguns li primeiro e recomendo, outros comprei depois de ver o filme e ainda não li.  

 

"O Rapaz de Pijama às Riscas" (2008) 

"Para a minha irmã" (2009)

"Expiação" (2007)

"O Quarto de Jack" (2015)

"A Culpa é das Estrelas" (2014)

"Marley & Eu" (2008)

"Sete Minutos Depois da Meia Noite" (2016)

"Extremamente Alto, Incrivelmente Perto" (2011)

 

canal "Livro Aberto": AQUI

 

 

goodreads twitter instagram facebook

Autoria e outros dados (tags, etc)

Top literário: o que mais gosto de ler

por Cláudia Oliveira, em 14.02.17

 

Os mais diversos temas. Escolhi sete por ordem decrescente. Várias sugestões dentro de cada tema. Espero que gostem. Não se esqueçam de me dizer que mais listas gostavam de ver ou se têm sugestões dentro destes temas. Obrigada a quem for assistir a este vídeo super longo. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

15 Escritores Que Influenciaram a Minha Vida

por Cláudia Oliveira, em 06.06.16

Sem nenhuma ordem , segue a minha lista.

1. W. Somerset Maugham (mudou o meu olhar em relação às pessoas no geral e em relação a mim em particular)
2. Saramago (fez-me olhar para Deus e para a morte de forma diferente)
3. Samuel Beckett (deixou-me envergonhada com o tempo que gastamos à procura do Godot)
4. Victor Hugo ( nunca tinha conhecido um livro perfeito até ler Os Miseráveis)
5. Dostoievski ( descobri os russos)
6. Jane Austen ( descobri a coragem)
7. Jorge Amado ( ajudou-me na fase mais triste da minha vida)
8. Sandor Marai ( li os seus romances na fase mais libertadora e importante da minha vida)
9. Afonso Cruz ( a beleza das palavras, mais ainda)
10. Elena Ferrante (encontrei-me num livro)
11. George R Martin ( a única série que me prendeu e me transformou numa fangirl)
12. Charlotte Bronte ( deu-me uma das melhores protagonistas da minha vida, Jane Eyre)
13. Eça de Queiroz ( quando as leituras obrigatórias eram um prazer)
14. Virginia Woolf ( quando uma escritora é tão inspiradora...)
15. Chimamanda Ngozi Adochie ( enriqueceu o meu olhar perante a sociedade actual e levantou questões que nunca tinham surgido dentro de mim)

Extra
16. Pepetela (deu-me um bocadinho da cultura do meu marido)
17. Vargas Llosa ( apresentou-me a literatura latino americana)
18. Orhan Pamuk ( o encantamento de ler de forma lenta, muito lenta)
19. Michael Ende (magia para a minha vida)
20. Anne Frank e Primo Levi (e de repente o mundo não é assim tão belo)

Nesta lista estão os meus autores preferidos, os donos do meu coração e sem dúvida aqueles que estiveram presentes nas alturas mais marcantes da minha vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

2015 | Melhores Leituras

por Cláudia Oliveira, em 30.12.15

 Li 93 livros, escolhi 12 livros que adorei ler este ano. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



SOU LEITORA BETA CONTACTE-ME PARA AVALIAÇÃO contactoclaudiaoliveira@gmail.com

BREVEMENTE

Resultado de imagem para mario de carvalho novidade porto editora  Cronovelemas






CLUBE DOS CLÁSSICOS VIVOS

Resultado de imagem para a ilustracasa de ramires asa eça