Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Os Luminares | Eleanor Catton

por Cláudia Oliveira, em 19.06.16

IMG_0477.JPG

 No Goodreads

Minha pontuação 4*

 

A neo-zelandesa Eleanor Catton venceu o Prémio Man Booker Prize em 2013. Tinha 28 anos.

 

Li este livro para uma leitura conjunta e posso adiantar que teria desistido novamente (já tinha tentado uma vez) nas primeiras cem páginas se não fosse o incentivo dos outros leitores. É um livro cheio de descrições e histórias dentro de outras histórias. Foi uma leitura irregular em relação ao meu interesse por ele. 

 

Doze homens estão reunidos no Hotel Crown quando são interrompidos pela chegada do Moody. A reunião serve para discutir alguns acontecimentos na cidade. A morte de um homem, a tentativa de suicidio de uma prostituta e o desaparecimento de um homem. Moody vai ser interceptado por Balfour que o interroga sobre a sua chegada e o coloca a par da discussão. Ninguém imagina o que está por vir. 

 

A história passa-se na Nova Zelândia, na cidade de Hokitika, durante os anos da corrida ao ouro. O clima frio e sombrio vivido pelos personagens é realista. A estrutura do livro é muito interessante e peculiar. Somos conduzidos pela história, aos poucos conhecemos a ligação entre todos os personagens até montarmos o puzzle completo. Para além da ligação à astrologia, a autora tem uma forma especial de desenvolver o mistério. O livro começa de forma lenta, mas ganha um ritmo frenético nas últimas duzentas páginas. A revelação é surpreendente, vale a pena insistir.

 

O livro tem passagens muito descritivas e cansativas. No entanto, o talento da autora é notório, pretendo ler outro romance porque fiquei rendida.  Não sei se recomendo este livro a toda a gente porque nem todos gostam deste género de narrativa. Aposto que a maioria vai abandonar o livro. É uma pena, o livro tem qualidade e acaba por recompensar o esforço. 

 

Quando pensamos que já temos mistério suficiente, a autora confunde as nossas cabeças com mais peripécias. Somos envolvidos e só queremos parar quando tudo fica claro e esclarecido. Experimentem. Nao se vão arrepender. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D