Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor



Links

Opiniões

Blogs


subscrever feeds



A última leitura de 2015

por Cláudia Oliveira, em 28.12.15

 

Li o livro Perguntem a Sarah Gross, do autor João Pinto Coelho. Tenho uma opinião diferente das massas. Estou indecisa entre partilhar e não partilhar. Não gosto de escrever opiniões negativas e não quero ser apedrejada em praça pública. Para além disso, também não é nada importante. 

 

 

Li também A Elegância do Ouriço, de Muriel Barbery. Uma leitura arrastada por causa da narrativa e das personagens. No entanto, gostei da mensagem do livro e da evolução de uma personagem em particular. Não gostei do final. Estava indecisa, mas cheguei à conclusão que não gostei. Pretendo ver o filme brevemente. 

 

Pedi ao Zé para tirar um papel da minha TBR. Calhou "Um romance escrito por um autor africano". Depois de averiguar a minha estante decidi ler Ondjaki. Do autor já tinha lido uma história infantil. Depois de assistir a um vídeo especial sobre Ondjaki, da InesBooks, escolhi este livro. Li cerca de 63 páginas e estou a gostar. Será o último livro lido em 2015. Totalizando assim 93 livros segundo o meu álbum no Facebook.

 

Costumo registar no Goodreads, no Facebook e numa folha de excel retirada do blog Estante de Livros. Deram-me valores diferentes nas três plataformas. Goodreads, 85. No Facebook, 93. Na folha excel, 100. Não entendo. Não estou para ir picar um a um. Confio nas fotos do álbum do Facebook. Foi complicado escolher as melhores leituras. É bom sinal. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Para hoje e para breve

por Cláudia Oliveira, em 17.12.15

Então, hoje temos vídeo com as últimas aquisições de 2015. Espero conseguir gravar à hora de almoço. Chegou a encomenda da Editorial Presença. Ó que alegria! Estava na dúvida entre fazer um vídeo sobre os desafios literários ou as aquisições, mas parece-me razoável mostrar estes livros antes da promoção terminar. Na compra de 80€, pagas apenas 40€. Aproveitei para comprar livros que queria há bastante tempo. Em 2016 as compras vão reduzir substancialmente. Só vou aproveitar promoções e a Feira do Livro (se tiver Hora H). Nem terei tanto tempo assim com dois filhos. E claro, o foco será a estante que eu mantenho na sala e os seus livros maravilhosos. Ah, e vão existir muitas visitas à biblioteca com a filhota para ela se ir acostumando com o mundo encantado dos livros. Não vejo a hora de a ter nos meus braços. 

 

Já seleccionei as melhores leituras de 2015, pretendo partilhar em breve. O meu receio é acabar por ler um livro fantástico antes do final do ano e não o incluir nesta lista. Por isso, acho que vou deixar a lista para Janeiro, não sei. Farei primeiro os vídeos com os projectos. Pois é, a maratona começa já este fim de semana, tenho de me preparar. Vou partilhar tudo no Snapchat.

 

 

O próximo fim de semana está cheio de planos. Tenho a festa de Natal do meu filho, a minha irmã também vem para a minha casa para podermos ir passear por Alenquer. Alenquer está bonita e recomenda-se. Tem um comboio muito giro, pai natal, pista de gelo, exposição de presépio, presépio vivo, comércio local. Estão a apostar forte e belo. Também pretendo descansar muito porque esta barriga já pesa. Ler, ver o filme do #vejamaismulheres, etc. 

 

Inté, estarei no Youtube e no Snapchat. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

IMG_6026.JPG

IMG_6223.JPG

Terminei de ler o livro da Alexandra Lucas Coelho ontem à noite. Foi uma leitura rápida, os capítulos são curtos, a história é contada com muito humor e asneirada. Fiquei curiosa para ler mais livros da autora, mas não adorei esta história. Aliás, incomodou-me em alguns momentos. O que mais gostei na história foram as constantes referências literárias (autores brasileiros, clássicos, etc). A protagonista é revisora de livros, o que faz todo o sentido. Três estrelinhas. 

 

Entretanto continuo a ler o Kazuo com o livro Quando Éramos Orfãos. Estou a gostar. A história é contada em dois tempos; presente e passado. No presente o personagem é adulto, um detective famoso e inserido na alta sociedade de Londres nos anos trinta. No passado ele é uma criança, a viver com os pais em Xangai, com o forte desejo de ser detective.  Estou a gostar da escrita melancólica, simples mas cuidada do autor. Pretendo terminar este livro até sexta-feira. Quero começar livros novos na próxima Maratona Literária - Especial Natal. Aliás, espero que a Editorial Presença envie os meus livros novos antes do próximo fim de semana. 

Vi vários filmes: 

Serena - Gostei bastante. Adoro a Lawrence. 

Whiplash - Segunda vez este ano. Adoro.

The Angriest Man in Brooklyn - Desilusão. 

Men, Woman and Children - Vale a pena, assuntos muito interessantes. 

Ronaldo - Gostei. 

The Thirteenth Tale - Gostei.

9 Mois Ferne - Muito engraçado. Vale a pena. 

Un Plan Parfait - Super divertido. Gostei muito. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dlog #154 | Sábado

por Cláudia Oliveira, em 12.12.15

Pensei assim, são as últimas compras de 2015. E 50% na Editoral Presença é de aproveitar. Também faço anos dia seis de Janeiro, são as minhas prendas. Pensamentos próprios de quem quer convencer-se que não há problema nenhum em acrescentar mais livros na estante. Foram seis livros no total, fora os dois livros que comprei ontem antes de ir a uma consulta médica. Literatura portuguesa contemporânea. Gosto muito de comprar livros de autores portugueses. É onde gasto o dinheiro com o maior prazer. Temos de fazer pelos nossos. E têm imensa qualidade. Não é verdade? Agora é esperar pela encomenda, torcer que os correios sejam eficientes. Entretanto, vou ler. E acabar de ver o filme do meu projecto #vejamaismulheres. Está a ser maravilhoso. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Dlog #153 | Duas coisas

por Cláudia Oliveira, em 09.12.15

IMG_5636.PNG

Fiz um vídeo novo para o canal no Youtube. Depois coloco aqui o vídeo.

O Snapchat ressuscitou! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

 

 

Terminei de ler Cem Anos de Solidão, a obra prima de Gabriel García Márquez. Apesar do final não ter sido arrebatador, a obra é maravilhosa e acabou por ser uma experiência de leitura incrível. Os personagens e a narrativa foram os elementos que mais me fascinaram neste livro. O universo criado pelo autor fez-me sonhar. Um livro mágico. Encantador. 

 

Entretanto comecei a ler o livro da Donna Tartt, A História Secreta. Uma história que surpreende a cada minuto, agarra o leitor, deixando-o sentado a ler por várias horas sem desviar os olhos. Eu sou admiradora da autora, conquistou-me com o livro O Pintassilgo. Este livro também está a agradar-me muito. 

 

Para começar 2016 da melhor forma, vou  ler o clássico D. Quixote de La Mancha, de Cervantes. Escolha pertencente ao Projecto Literário Harold Bloom. Antes de avançar com a leitura, estive a ler tudo o que o critico Harold Bloom escreveu sobre esta obra. Só fiquei com mais vontade de começar. Quem quiser juntar-se a mim na leitura deste clássico esteja à vontade. Também será a leitura de Janeiro para o Clube dos Clássicos Vivos. Fica desde já o convite feito. Comprei aquela edição maravilhosa da Dom Quixote por nove euros este fim de semana. Uma espécie de prenda de Natal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Dlog #151 | Tanta magia

por Cláudia Oliveira, em 27.11.15

Começo a perceber a magia do livro Cem Anos de Solidão, e o motivo dele ser o livro da vida de alguns leitores. Começo a perceber e estou apaixonada. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Dlog #150 | O livro certo para ler no Inverno

por Cláudia Oliveira, em 23.11.15

Não queria terminar o ano sem ler este clássico. Está no desafio da Rory Gilmore, e na minha lista eterna de livros para ler antes de morrer. Não passa de 2015. A primeira vez que tentei ler este livro devia ter uns quinze anos e não consegui passar das primeiras páginas.É o livro da vida de muita gente. Espero que seja verdade e não apenas um título "só para ficar bem". Hoje, assim que li as primeiras páginas fiquei apaixonada e encontrei outro texto. Talvez eu seja outra leitora. É o livro ideal para o frio. A escrita do Gabriel García Márquez tem o poder de aquecer a alma aos leitores mais friorentos. Há leituras certas para cada estação ou é impressão minha? 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Dlog #149 | Compras maravilhosas

por Cláudia Oliveira, em 21.11.15

Tive o prazer de ir à Livraria Ler Devagar situada na LX Factory esta tarde. Não foi a primeira vez, mas fico encantada como se fosse. Consegui comprar um livro que andava à procura desde deste post no blog Diário de Leituras. O Quinze, de Rachel Queiroz. Custou-me apenas dois euros. Maravilha. 

 

Depois fui à Bertrand e encontrei um livro que queria por causa do projecto literário de 2016. Falo nisto na próxima semana. Prometido. Ainda fiquei com 5 euros no cartão para gastar na próxima compra. Fantástico. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Dlog #148 | Leituras difíceis

por Cláudia Oliveira, em 20.11.15

Consegui um livro na plataforma Bibliofeira. Um livro esgotado por dez euros. Mega feliz. O vendedor foi bastante rápido, segunda feira já deve estar cá. O livro servirá para um projecto literário a iniciar em 2016. Conto tudo assim que o livro chegar. Aliás, vou contar todos os projectos. Ainda ando numa de reflectir bem sobre tudo o que quero fazer. Não quero sufocar com mil coisas.  Muita calma nesta hora, certo? 

 

Para já, não vou encerrar o canal no Youtube mas vou fazer uma grande pausa. Temos de fazer escolhas, não é verdade? 

 

Depois de um ano terrível, preciso de um ano fantástico. Não estou a falar a nível de leituras. Farei a minha parte. É o mínimo. 

 

Acabei de introduzir os livros no Goodreads. Faz de conta. Duas prateleiras ficaram de fora, mas não interessa nada. Vou começar o ano com 223 livros por ler. Um número bonito. Exageradamente bonito. Imprimi a foto da capa dos livros, recordei e vou colocar numa espécie de pote para ir sorteado ao longo do ano. Sem compromisso. Mas era bom da minha parte terminar o ano com este número reduzido. Um bocadinho. 

 

Descobri o site 8tracks. Coisa boa desta vida. 

 

 

Preciso de terminar a leitura do livro Eu Confesso. Daqui a pouco termina o prazo da biblioteca. Tenho cerca de 400 páginas pela frente até ao dia 1 de Dezembro. Hoje vou aproveitar para ler na sala de espera do consultório antes da consulta. Tem sido assim o progresso a leitura deste livro, em transportes ou salas de espera. 

 

Abandonei o livro Amores Difíceis do Calvino. Estava a ser difícil para mim avançar na leitura deste livro de contos. Um dia Calvino, um dia. Outro livro que está a ser dificil é o Assim Começa o Mal, do Javier Marías. Mas este é dificil em bom, é para ler até ao fim. Se possível trazer da biblioteca ou comprar. Outro livro complicado é o Margarita e o Mestre, do Mikhail Bulgakov. Está a ser uma leitura lenta. 

 

Para Dezembro tenho poucas coisas planeadas, quero um tempo para respirar e arrumar ideias. A única leitura certa é o livro do Clube dos Clássicos, anunciado dia 23 de Novembro aqui no blog. 

 

Um bom fim de semana a todos e boas leituras. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



Mais sobre mim

foto do autor



Links

Opiniões

Blogs


subscrever feeds