Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mais sobre mim

foto do autor


QUER ANUNCIAR O SEU LIVRO? contactoclaudiaoliveira@gmail.com


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Quarenta Dias | Maria Valéria Rezende

por Cláudia Oliveira, em 19.04.16

IMG_9463.PNG

 

No Goodreads

Minha pontuação 4* 

 

Gostei bastante do livro da autora brasileira Maria Valéria Rezende. Foi super recomendado por pessoas a quem dou crédito e confio. E claro, não me desiludi. Li-o no telemóvel, infelizmente não está editado em Portugal.

 

Alice estava sossegadinha na sua vida em João Pessoa até ser obrigada pela filha para ir viver para Porto Alegre para assumir um papel que ela não quer vestir: ser avó.  No entanto, quando está instalada tudo muda de rumo devido a uma reviravolta. Mais tarde, vê-se à procura de um rapaz que ela nem sequer sabe se existe. É na rua que Alice volta a sentir-se livre.

 

É divertido acompanhar as peripécias e desabafos da protagonista. É original a forma como Alice desabafa para um caderno com a figura de uma Barbie na capa e muitas vezes a confronta a boneca com a estupidez. É uma personagem muito cativante apesar de estar na maioria das vezes zangada com a vida, é bastante refilona. Acho interessante entrar na cabeça de uma mulher que não quer viver conforme as regras ditas normais da sociedade e que se sente reprimida por isso.

 

É um livro que se lê bastante bem, com uma narrativa divertida e fluida. Gostei mais da primeira parte e menos da segunda, mas no geral é um livro que me abriu o apetite para ler mais obras da autora.

 

Um livro para quem escrevia no diário na adolescência e brincava (ou sonhava) com Barbies na infância.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Jeniffer Geraldine a 25.04.2016 às 18:47

Também gostei bastante da leitura.
E estou louca para ler outros livros da Maria.
Beijos
Imagem de perfil

De Cláudia Oliveira a 26.04.2016 às 12:31

Também eu! Muita vontade :)

Comentar post




Mais sobre mim

foto do autor


QUER ANUNCIAR O SEU LIVRO? contactoclaudiaoliveira@gmail.com


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D