Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




SOU LEITORA BETA CONTACTE-ME PARA AVALIAÇÃO contactoclaudiaoliveira@gmail.com

BREVEMENTE

Resultado de imagem para mario de carvalho novidade porto editora  Cronovelemas






CLUBE DOS CLÁSSICOS VIVOS

Resultado de imagem para a ilustracasa de ramires asa eça

"O VERMELHO E O NEGRO" | STENDHAL

por Cláudia Oliveira, em 25.08.17

tempImage (3).jpg

 

Se Julien tivesse conta no twitter seria o típico usuário obsessivo da hashtag #odeiopessoas.

 

Stendhal sabia escrever sobre os sentimentos. Com requinte e alguma ironia construiu um dos melhores e complexos personagens de todos os tempos. Ainda tem a capacidade de conversar com o leitor de forma despretensiosa e muito cativante. Esta é a considerada a sua obra-prima, um romance histórico psicológico. Uma leitura indiscutivelmente inesquecível.  

 

Julien entrou directamente para a minha lista de personagens preferidos mais insuportáveis e bem construídos. Não sendo o meu preferido (Holden e Alex são os meus eternos amores), tenho de enaltecer o trabalho deste grande escritor e recomendar seriamente este clássico para quem gosta do género e ainda não riscou este título da lista. Julien é um homem mesquinho e cínico, usa e abusa da sua cativante personalidade para obter aquilo que quer das pessoas, no entanto não as suporta.

 

Clássico intemporal, faz um retrato maravilhoso da sociedade do século XIX, em França. Julian tem ambições, ser rico longe da sua vida modesta. O pai detesta que ele leia e tenha tiques de finório sendo gozado constantemente. Criei empatia imediata com o Julien por causa desse episódio, mas depois ele vai trabalhar para a casa da Sra Rênal e a minha simpatia por ele muda drasticamente. A mulher não está habituada a lidar com tantas atenções e acaba por se apaixonar pelo Julien. Pobre senhora, não sabe onde se está a meter. Ela é casada e o marido começa a ferver de ciúmes. Ele cria vários inimigos por onde passa. Mais não conto. 

 

"Se ele não ultrapassar o nível de um verso de opereta, toleram-no. Mas, quanto ao homem que pensa, que tem energia e ideias novas, chamam-lhe cínico."

 

Este livro cativou-me imenso no inicio, mas depois o meu entusiasmo caiu a pique com o seu desenvolvimento. Gostei do final dramático, adorei a escrita do autor e como já disse o Julien é inesquecível. Recomendo mas ainda estou dividida entre o "gostei" e o "gostei muito".

 

 

(livro para o Clube dos Clássicos Vivos)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




SOU LEITORA BETA CONTACTE-ME PARA AVALIAÇÃO contactoclaudiaoliveira@gmail.com

BREVEMENTE

Resultado de imagem para mario de carvalho novidade porto editora  Cronovelemas






CLUBE DOS CLÁSSICOS VIVOS

Resultado de imagem para a ilustracasa de ramires asa eça