Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




SOU LEITORA BETA CONTACTE-ME PARA AVALIAÇÃO contactoclaudiaoliveira@gmail.com

BREVEMENTE

Resultado de imagem para mario de carvalho novidade porto editora  Cronovelemas






CLUBE DOS CLÁSSICOS VIVOS

Resultado de imagem para a ilustracasa de ramires asa eça

"O JARDIM DAS BORBOLETAS" | DOT HUTCHISON

por Cláudia Oliveira, em 14.08.17

 

tempImage.jpg

 

Este é o primeiro de uma trilogia intitulada "Coleccionador". Começa com o pé direito, com fortes indicações de se tornar numa escritora reconhecida no seu meio. E até parece que existe uma disputa entre duas produtoras para a sua adaptação. Certamente um filme arrepiante.

 

Neste livro o nosso vilão adora coleccionar meninas. Assim que chegam ao Jardim, tatua as costas de todas com asas lindas e brilhantes. São violadas, massacradas e depois mortas. Quando mortas são embalsamadas e expostas num corredor no meio de resina. Assustador e macabro. No Jardim vivem um mundo muito próprio e com fracas hipóteses de escapar. Mas uma das raparigas foge e agora é interrogada pela policia.

 

A história é revelada aos poucos. A rapariga interrogada faz questão de contar tudo a conta gotas o que pode criar algum desconforto no leitor. Não via a hora de obter mais informação daquele lugar, o que me fez virar páginas sem parar. Confesso que sou muito ansiosa neste tipo de coisas. Fez-me estar à beira do desespero enquanto prendia a minha atenção. Bela jogada. 

 

Consegui acreditar no que me era contado. É o mais importante numa história tão estranha, não é verdade? Consegui imaginar todos os cenários e ficar enojada em alguns momentos. Certamente que este livro provoca diferentes emoções em diferentes leitores. Eu tive uma experiência de leitura muito irregular. Senti-me envolvida até metade do livro, mas a minha atenção afastou-se em determinados momentos. Tive dificuldade em conectar-me com a história e não gostei muito do final. No entanto, fascinou-me este Jardim com livros como uma espécie de escape. Podem esperar várias referências. 

 

"À noite, o Jardim era um lugar de sombras e luar, onde se podia ouvir com mais clareza todas as ilusões que o transformavam naquilo que era. Durante o dia havia conversas e movimento, às vezes jogos ou canções, e isso disfarçava o som dos canos a transportarem água e nutrientes através dos canteiros, das ventoinhas que faziam circular o ar. À noite, a criatura que era o Jardim largava a sua pele sintética para revelar o esqueleto por debaixo."

 

A beleza de uma frágil borboleta e a monstruosidade de um homem num thriller que não te vai deixar indiferente. Recomendo.

 

(livro cedido pela editora Suma de Letras)

(estejam atentos, esta semana teremos um passatempo)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Imagem de perfil

De Maribel Maia a 14.08.2017 às 15:40

Parece -me muito interessante!
Imagem de perfil

De Cláudia Oliveira a 16.08.2017 às 09:00

Macabro e original. :)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2017 às 03:52

Olha, original não é não. Esse livro é um plágio descarado. Tanto na história, quanto no nome e pasmem, até mesmo na capa. Uma amiga minha tava fazendo um livro de enredo policial parecido, e com o mesmo nome e tinha postado o mesmo no wattpad, mas devido a alguns plágios ela excluiu. Eis que logo depois aparece essa autora com o livro totalmente similar ao delas. To divulgando isso porque eu acho uma tremenda falta de respeito. A pessoa passa o tempo dela se dedicando a criar uma história, trabalha no enredo, pra vir um gringa desocupada e mau caráter copiar a obra dela. Então seria legal se o pessoal não apoiasse esse tipo de atitude ao comprar o livro dela. Afinal, ela tá lucrando em cima do trabalho alheio. Aqui o link da autora original explicando a situação https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1491207694332935&set=a.570776503042730.1073741832.100003311567764&type=3&theater

Comentar post




SOU LEITORA BETA CONTACTE-ME PARA AVALIAÇÃO contactoclaudiaoliveira@gmail.com

BREVEMENTE

Resultado de imagem para mario de carvalho novidade porto editora  Cronovelemas






CLUBE DOS CLÁSSICOS VIVOS

Resultado de imagem para a ilustracasa de ramires asa eça