Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




capa_plano Martim Vaz_300dpi.jpg

Dia 18 de Janeiro. Quero e vou ler este livro. A história passa-se na região de Benguela ( e não só). As raízes do meu marido estão lá e eu tenho muita vontade de conhecer. Para além disso quero conhecer esta história. Estou muito interessada devido ao que li na sinopse. 

 

SINOPSE
 

Manuscritos dos séculos XV e XVIII - achados no Rio de Janeiro durante as obras para os Jogos Olímpicos de 2016 - revelam histórias muito fora da versão habitual, aliás, como o próprio casal de pesquisadores que trabalhou os documentos, cujo percurso está tatuado pelas grandes turbulências do século XX e deste pedaço do XXI. Na soma, isto aqui cruza três épocas e atravessa três continentes, mas não é um livro de viagens. Por aqui andam homens e mulheres a camuflar-se em defesa de ideias sob cerco ou apenas para viverem amores intensos sob ameaça de excomunhão, ontem religiosa, hoje identitária.. Roteiros no extremo a fim de abrir caminho, isso sim. De Ceuta a Tomboctu, de Benguela ao Rio, pela Amazónia, por Bordéus, por Lisboa, por Luanda, pelo Sahel, ares, mares, dunas, florestas e savanas. A vida no risco permanente e mesmo assim não querem mudar de vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Mais sobre mim

foto do autor


AUTORES QUE NOS UNEM

VISITA O SITE