Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Dlog #131 | Projectos, leituras e curiosidades

por Cláudia Oliveira, em 25.08.15

Fui à Biblioteca. Questionei sobre a existência de uma secção para os livros de ficção cientifica. A bibliotecária sabia responder. Pediu-me um título. Eu Robot, de Isaac Amisov. "Não temos". Desilusão estampada no meu rosto. Dei um passeio pelas estantes na remota esperança da bibliotecária estar errada. E estava. Havia uma enorme prateleira ao fundo do corredor e vários exemplares do livro. A minha irmã insistia para eu ir dizer à bibliotecária, mas eu tenho sempre pena de envergonhar os outros.

 

Estou na página 160 do livro O Mar de Ferro, de George RR Martin. Novos personagens, a inexistência de outros, mais camadas. Este livro está a ser uma surpresa a todos os níveis. Tem momentos chatos (Brienne chata!), mas não deixa de ser incrível. Estou a gostar bastante do destaque que as Ilhas de Ferro têm neste volume. Acreditam que ainda não terminei e já quero reler O Festim dos Corvos e este? Acho que precisava de fazer uma releitura. 

 

Entretanto comecei a ler Porquê Ler os Clássicos, do Italo Calvino. Li poucas páginas e estou a gostar. 

 

Em Outubro vou ter um novo projecto no canal Youtube em parceria com outra pessoa. Algo relacionado com livros de terror/horror. No final de Setembro conto tudo. Espero ter tempo suficiente. Estou entusiasmada apesar de apreensiva em relação ao tempo. Estarei quinze dias de férias e já tenho algumas leituras planeadas. Mas Outubro será um mês tranquilo para começar outro projecto. Haverá outra novidade nessa altura, mas vamos deixar no segredo dos deuses, por enquanto. 

 

Estou curiosa para saber as sugestões dos membros do Clube dos Clássicos Vivos para Outubro. Vou manter as sugestões dadas no mês anterior e acrescentar as novas. Espero que desta vez o livro seja do agrado da maioria ao contrário de Moby Dick. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


11 comentários

Imagem de perfil

De Descontos a 25.08.2015 às 11:48

Nunca será possível agradar a gregos e a troianos ;)
Estou perdida.
Imagem de perfil

De Cláudia Oliveira a 25.08.2015 às 14:47

Mas seria bom um equilíbrio...
Imagem de perfil

De Descontos a 25.08.2015 às 22:10

Espero que os clássicos portugueses não fiquem esquecidos ;)
Imagem de perfil

De Catarina R. a 25.08.2015 às 11:54

Espero que gostes do I robot. Até agora foi a melhor leitura que fiz este ano.
Sim, são livros que pedem uma releitura mesmo..e eu gostei mais do Mar de Ferro do que do Festim dos corvos. E eu sou sempre do contra :p Eu gosto dos capítulos da Brienne...têm dado informação interessante que acredito que será importante para o futuro. Por exemplo o destino do Cão de Caça.
Que bom que vais fazer um especial em Outubro..vou ficar atenta ;)
Imagem de perfil

De Cláudia Oliveira a 25.08.2015 às 14:16

Não tenho mesmo paciência para a Brienne, ela é importante e não sei a razão. Quero saber!!!
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 25.08.2015 às 13:45

Os do Asimov costumam até estar na secção de ficção geral.
A tua biblioteca deve ter um computador com o índice de referência. Onde poderás procurar por ISBN, por autor (apesar que levas com muita coisa, como panfletos, trabalhos e doutoramentos registados) e por título.
Por título, em Português podes levar com 0 respostas. Quando sabes, leva o título original. As referências têm lá esse e dão-te a identificação nacional (ás vezes basta faltar 1 vírgula). Depois, é que podes perguntar à pessoa que lá esteja onde é que fica aquela localização (vais receber a localização... que parece esquisita. Depois de fazeres isso meia dúzia de vezes, já não precisas de perguntar a ninguém. É apontar num papel e ires directa á secção procurar a estante e prateleira).
Já não temos bibliotecárias como antigamente, que sabiam 10001 livros e bastava dar o tema e diziam-te onde estava.
Imagem de perfil

De Cláudia Oliveira a 25.08.2015 às 14:15

Ela fez exatamente essa pesquisa e disse que não havia nem uma coisa nem outra.
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 25.08.2015 às 14:44

Eles devem ter várias versões.
A que tenho da argonauta é mesmo Eu, Robot. E já é de 1979.

Queria-te despachar e nem deve ter escrito o nome bem. Procurando por Asimov, de certeza que via esse livro. Ele é do plano nacional de leitura. Têm de estar nas bibliotecas públicas todas...
Imagem de perfil

De Cláudia Oliveira a 25.08.2015 às 14:48

Mesmo assim, acho estranho nem sequer saberem da existência da secção.
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 25.08.2015 às 15:47

Infelizmente é muito normal.
Dantes eram trabalhos que obrigavam a muita mão e dava para adquirirem conhecimentos preciosos. Agora, são poucos livros que saiem das prateleiras. O próprio trabalho passou a ser catalogar e arrumar. É bem provável que fosses a única pessoa na biblioteca que sabia alguma coisa sobre o Asimov. E aquela preocupação por o leitor interessado encontrar o livro que lhe interessa... já não existe. (só mesmo se apanhares alguém mais antigo que ainda tenha essa experiência como exemplo)
Se queres continuar a ler desses, procura o Cavernas de Aço (Steel Caves) e o Os Robots (The Naked Sun). São romances de ficção científica de um nível muito díficil de bater, mesmo actualmente. (são 2 partes da triologia Elijah Baker) Depois podes pensar em ir muito para lá dos limites e leres E.E.Doc.Smith e a triologia da Lente. Que escrevia de forma semelhante, com a diferença que o Asimov dava muitos pontinhos de informação, enquanto o "doc" obriga a que se entendam coisas ligadas às ciências, que não são bases para a maioria das pessoas. (ambos conseguem unir uma humanidade "louca" com tecnologia e viagens espaciais... coisas que eram parte dos livros e da imaginação) E que foi usado nos filmes de ficção ciêntifica durante muitas décadas.
No final, vais achar estranho porque já leste livros que partem de bases... criadas por esses livros, escritos 50 anos antes.
(e a 1 lei é mesmo Seres humanos... não humanidade, como podes encontrar nalgumas das obras traduzidas. Ele pensou em não deixar aberturas para qualquer ideia contra a IA poder virar-se contra humanos e acontecer... Terminator.)
Imagem de perfil

De Cláudia Oliveira a 25.08.2015 às 16:37

Pelos vistos és um especialista no assunto. Obrigada pelas dicas, ficam anotadas!!!

Comentar post




Mais sobre mim

foto do autor


AUTORES QUE NOS UNEM

VISITA O SITE