Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Apenas Miúdos | Patti Smith

por Cláudia Oliveira, em 08.08.16

IMG_2067.JPG

No Goodreads  

Minha pontuação 3*

 

A Patti Smith prometeu escrever a história dela e do fotografo Robert Mapplethorpe e cumpriu. Eles conheceram-se na década de 60 e nunca mais se largaram. Este livro é um livro de memórias de uma época onde a arte borbulhava por todos os lados com Nova Iorque como pano de fundo. Rock in Roll, poesia, fotografia, arte pelas palavras profundas da Patti Smith. 

 

Sou fascinada por filmes e livros onde a música está presente. Achei bastante interessante algumas partes sobre a amizade da Patti e do Robert. No entanto, este livro não foi nada do que estava à espera. Estava com algumas expectativas e não foram correspondidas. Pelos vistos só aconteceu comigo porque o livro tem criticas excelentes.  

 

Entre eles, havia um enorme respeito e ajuda mutua. Era notória a cumplicidade. Funcionavam muito bem como equipa.

 

"Se o Robert tomasse uma droga, eu tinha de estar presente e consciente. Se eu fosse abaixo, ele tinha de estar em cima. Se um estivesse doente, o outro tinha de estar sadio."

 

E as dificuldades que eles passaram? Imensas, de cortar o coração. O que eles fizeram pela arte foi amor. Isso foi incrível. Gostei imenso das referências literárias que a Patti faz ao longo de todo o livro. Servidão Humana é mencionado assim como vários outros títulos. A escrita é bastante poética e doce. Apesar da minha experiência de leitura não ter sido fantástica vou ler o seu outro romance. Ouvi dizer que tem mais indicações dos livros que ela gosta. 

 

Patti teve uma vida cheia de vida e pessoas fabulosas dedicadas à arte.  Este livro é um retrato fiel de uma amizade verdadeira e amor à arte. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Bárbara Ferreira a 10.08.2016 às 13:05

Quero tanto ler este livro! Tive a sorte, a honra de a ver actuar ao vivo há pouco mais de um ano. Uma senhora e tanto.
Imagem de perfil

De Cláudia Oliveira a 10.08.2016 às 14:52

Personalidade fantástica e uma vida brutal
Sem imagem de perfil

De Joana a 30.08.2016 às 21:41

Apercebi-me há algum tempo de como alguns livros perdem a sua essência ao serem traduzidos, este pode ser o caso, tal como outros tantos. Tento sempre ler alguns em inglês porque sei que muito se perde na tradução.

Comentar post




Mais sobre mim

foto do autor


AUTORES QUE NOS UNEM

VISITA O SITE