Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"A Substância do Mal" | Luca D'Andrea

por Cláudia Oliveira, em 27.03.17

IMG_20170323_080236_HDR.jpg

 

Suspeitei estar perante um thriller arrebatador. Daqueles em que uma pessoa fica várias vezes de boca aberta sem saber muito bem o que pensar. 

 

Jeremiah, um jovem cineasta muito dedicado e perfeccionista. Ele e o seu amigo acabam por fazer muito sucesso com o lançamento de um documentário. Esta parte é espectacular, o processo de filmagens, a fama. Tudo muda quando Jeremiah encontra a sua cara metade e resolve construir uma família. Os tempos de fama já lá vão até ao dia em que ele se muda com a família para uma pequena vila situada nas montanhas do Sul do Tirol. Eventualmente ouve falar numa tragédia chamada pelos populares como "massacre Bletterbach" . Ninguém sabe quem é o assassino, ninguém quer falar sobre o assunto. Isto é o suficiente para nascer em Jeremiah a vontade de ir até ao local do crime e quem sabe resolver o caso. 

 

Li um bocadinho durante a hora de almoço e não voltei a repetir. Tem passagens sangrentas, capazes de revoltar os estômagos mais sensíveis. Fico facilmente impressionada com descrições deste género. Optei por ler o livro antes de dormir e não tive pesadelos. E costumo sonhar com os livros que mais mexem comigo. Nem precisam de ser thrillers. A leitura é daquelas super rápidas, o ritmo é alucinante e estamos sempre com curiosidade em relação ao desfecho. Parecia que estava a ver um filme. Parecia que estava nas montanhas frias. A escrita é muito cinematográfica e envolvente. 

 

O ponto forte desta história é o ambiente retratado. Muito realista e necessário para cativar o leitor e manter o mistério permanente. As montanhas acabam por roubar algum protagonismo às personagens e aumentar a carga dramática. Com o decorrer da história, quantas mais eram as mentiras, menor era o meu entusiasmo. Gostei bastante de algumas cenas, mas no geral o livro que mexeu pouco com o meu lado emocional. Não roí as unhas, não ficava a pensar na história quando pousava o livro. 

 

O autor italiano Luca D´Andrea está a ser comparado aos grandes Stephen King e Jo Nesbo. Os direitos já foram vendidos a trinta países. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Carolina Paiva a 27.03.2017 às 19:38

Pela tua opinião até gostei do livro :) Estou com falta de ler um daqueles livros que "devoramos" num instante porque não conseguimos parar!
Beijinhos
Imagem de perfil

De Cláudia Oliveira a 28.03.2017 às 09:59

Eu gostei dele, mas não foi aquele livro que "devoramos" feitas doidas até descobrir tudo. :)

Comentar post




Mais sobre mim

foto do autor


QUER ANUNCIAR O SEU LIVRO? claudiaoliveira23@gmail.com


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D