Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A Amiga Genial | Elena Ferrante

por Cláudia Oliveira, em 06.04.16

IMG_9292.PNG

 

No Goodreads

Minha pontuação 5*

 

Adorei a releitura deste livro. Acabei por dar cinco estrelas desta vez. Uma das melhores leituras deste ano. Ansiosa para começar o segundo volume, ao mesmo tempo não quero terminar de ler esta colecção tão depressa. Vou contar-vos porque adoro este livro. Já tinha falado nele em 2015, podem ler AQUI.

 

A autora utiliza um recurso que gosto bastante. No meio de uma peripécia, desvenda um pouco do que tem para contar mais tarde, deixando o leitor ansioso pelo relato. Também consegue manter um clima de mistério ao longo da trama. As últimas páginas são fantásticas. É impossível não ficar de boca aberta ou sair de casa a correr para ir comprar o próximo volume depois daquele final. A escrita cativante mantém uma aura de mistério durante toda a história, sobretudo em relação a uma das personagens, a Lila. A minha personagem preferida. Senti falta de conhecer a história pela seu ponto de vista. 

 

A história é narrada pela Elena (Lenú), a melhor amiga de Lila. Elas conhecem-se muito novas e nunca mais se largam. A relação de ambas vai converter-se numa amizade genuína após passar por várias fases. A Lenú sente uma obsessão em relação à sua amiga, compete constantemente com ela. Inferioriza-se, enaltecendo sempre a amiga. Isso incomodou-me regularmente. 

 

Gosto sobretudo da da importância que a professora exerce na vida destas duas meninas, assim como da história das famílias presentes neste livro.  Todos os personagens são cativantes e cheios de camadas. Apesar da narrativa não possuir um ritmo rápido a história fica melhor a cada página. Aposto que os próximos livros são melhores. São, não são?

 

A história bastante verosímil. Segunda minha teoria, é a história da própria autora. Talvez por isso tanto mistério à volta do anonimato de Elena Ferrante. Ou golpe de marketing?

 

Não é somente um livro sobre mulheres nem para mulheres. É um livro que mostra a infância e adolescência de uma amizade entre duas crianças. Este livro aqueceu o meu coração,  levou-me a viajar até à minha infância e adolescência e recordar as minhas amizades. Tive a sorte de ter conhecido a minha amiga genial que ainda hoje está ao meu lado.

 

Pretendo ler os próximos volumes ao longo do ano. Estou encantada! 

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Imagem de perfil

De CD a 06.04.2016 às 19:26

Não tinhas lido este livro no ano passado?
Porque é que releste tão perto?

Imagem de perfil

De Cláudia Oliveira a 06.04.2016 às 21:42

Sim, até deixei o link para a primeira opinião no post.
Porque a minha primeira leitura foi em ebook e como comprei o livro para ler e comprar os próximos volumes decidi reler para entrar melhor na história, porque tinha saudades e adoro a escrita da autora.
Imagem de perfil

De talesforlove a 14.04.2016 às 10:45

Bom dia!
Ontem estive com este livro nas mãos, por acaso, e de facto, a apresentação da história, na contracapa, foi bastante apelativa.
É provável que o livro nos leve a pensar nas consequências do estudo (ou ausência dele) e diferentes posturas na vida. Sobretudo quando o mercado de trabalho por vezes se mostra tão inseguro como hoje.

Fica o convite a visitar também o meu blog:
http://contosdasestrelas.blogs.sapo.pt/

Obrigado
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.04.2016 às 11:11

A tetralogia de Elena Ferrante é do melhor que li nos últimos tempos. Há realmente uma sensação de tristeza quando nos aproximamos do final do último volume, pois pressentimos o fim de algo que não se repetirá. Para mim, mais do que a história em si, foi encontrar-me nos personagens, em cantos obscuros, em pensamentos que julgava só meus (mesquinhos, duvidosos).
Agora fica esta sensação de quase ressaca, aguardando que a autora nos dê mais de si.
Sem imagem de perfil

De Manuela a 14.04.2016 às 13:51

Foi exatamente o que senti quando terminei a tetralogia. E depois fui à procura dos romances anteriores da autora reunidos nas "Crónicas do Mal de Amor". E voltei a adorar. E a desejar ler mais e saber mais acerca desta personagem/autora que ninguém sabe quem é....
Imagem de perfil

De Sónia Pereira a 14.04.2016 às 11:12

A tetralogia de Elena Ferrante é do melhor que li nos últimos tempos. Há realmente uma sensação de tristeza quando nos aproximamos do final do último volume, pois pressentimos o fim de algo que não se repetirá. Para mim, mais do que a história em si, foi encontrar-me nos personagens, em cantos obscuros, em pensamentos que julgava só meus (mesquinhos, duvidosos).
Agora fica esta sensação de quase ressaca, aguardando que a autora nos dê mais de si.
Sem imagem de perfil

De lif a 14.04.2016 às 12:07

Ansiosa por ler toda a coleção! Adoro livros que me "prendem" do início ao fim, e estes parecem ser assim.
Gostei muito do post, continuação de um excelente trabalho!

Comentar post




Mais sobre mim

foto do autor