Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



VEDA #19 VI "13 REASONS WHY" | 13 DESABAFOS

por Cláudia Oliveira, em 19.04.17

 

Contém SPOILERS

Vi a primeira temporada completa e preciso de desabafar COM SPOILERS. Cá vai mais um vídeo de "Só Mais um Episódio".

 

13 Reasons Why | Official Trailer [HD] | Netflix

 

goodreads twitter instagram facebook

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

Querem um conselho daqueles para levar para a vida? Leiam este livro!

 

Chimamanda foi babysitter, criou sobrinhos e filhos de amigos próximos. Conviveu de perto durante bastante tempo com crianças. Ela é feminista, "todos devemos ser feministas". Posto isto, uma amiga de Chimamanda queria saber como educar a filha acabada de nascer como feminista. Pois estava confusa e precisava de orientação. Não sabia como agir perante a maternidade e as suas decisões. Chimamanda aceitou o pedido e respondeu à sua amiga através de uma longa carta. Deu-lhe quinze sugestões. Servem para a sua amiga e para todos nós. Para os que não têm filhos e para todos os adolescentes.

 

Primeiro, este livro é de leitura obrigatória para quem tem interesse ou pretende conhecer mais sobre o feminismo. E mesmo para quem não quer, não custa nada sair da zona de conforto e dar uma oportunidade, não é? É um livro curto, apesar de muito informativo. Talvez seja necessário uma releitura para absorver tudo o que a Chimamanda pretende transmitir. Talvez seja necessário várias paragens para reflectir sobre o que acabámos de ler. Talvez seja necessário abrir os olhos sobre uma palavra que ainda cria muita confusa na mente de algumas pessoas: feminismo. 

 

A literatura tem um papel muito importante: informar, incomodar, sensibilizar e mudar mentes. Acredito intesamente nisso. Acredito no poder da literatura. A literatura pode causar estranhamento, iniciar grandes mudanças interiores e transformar-se em grandes decisões. Mudar a forma de olhar a vida, consequentemente olhar os outros e respeitar as suas escolhas. 

 

Se tenho uma escritora preferida (por acaso até tenho mais) ela tem o nome de Chimamanda Ngozi Adichie. Um nome que acabou por ser muito importante para mim. Nunca ninguém me explicara o que era o feminismo até encontrar esta escritora. Estão a ver o poder a literatura? Uma mulher nigeriana explicou-me o que era o feminismo sem conhecer-me. Obrigada, muita gratidão pela sua existência. Nem sei bem como tropecei nela. Ou talvez saiba.

 

Questionava-me há anos, defendia com unhas e dentes o papel da mulher em diversas situações. Existiam situações que me incomodavam muito. Desconhecia que não estava sozinha até encontrar um pequeno grupo no booktube. O booktube foi uma janela gigante. Sério, mulheres maravilhosas ajudaram-me imenso a entender o feminismo.  Elas não fazem ideia. O "leiamulheres"  também fez toda a diferença na minha vida. Mais uma vez a literatura a transformar-me, a ser uma extensão de mim mesma. 

 

Encontrei nas palavras de Chimamanda reconforto, identificação, entendimento. No fundo, um abraço apertado com uma nota agarrada: "não estás sozinha, somos muitas". Este livro ainda não foi editado em Portugal, mas tive a oportunidade de ler em ebook. Desta vez o poder das tecnologias. O meu respeito pela Chimamanda aumentou e bebi da sua sabedoria em cada palavra. Tenho tanta pena de não ter lido antes do nascimento do meu primeiro filho. Teria sido uma ajuda tão grande. No entanto, sei que agora nunca mais serei a mesma. Nunca mais vou questionar o meu papel como mãe dentro dos princípios feministas. Nunca mais vou sentir-me culpada com algumas decisões. Tenho orientação, sei como estar atenta e fazer a diferença na vida dos meus filhos. Farei o meu melhor.

 

Não vou dissecar o livro, nem revelar as sugestões de Chimamanda. Vou antes sugerir que o leiam. Um dos meus preferidos da vida, para reler sempre e recomendar a toda a gente. 

 

Sugestão dezasseis: coloque as palalvras de Chimamanda Ngozi Adichie no caminho dos seus filhos. 

 

goodreads twitter instagram facebook

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

CLUBE DOS CLÁSSICOS VIVOS | LEITURA DE MAIO E JUNHO

por Cláudia Oliveira, em 19.04.17

 

 

E finalmente temos um vencedor. Venceu com 13 votos. Obrigada a todos os que votaram! Estava difícil, por momentos pensei que teriamos desempatar ao longo do dia de hoje, mas para minha surpresa não foi preciso. O clássico para lermos e discutirmos em Maio e Junho é "A Boneca de Luxo" de Truman Capote.

 

Ainda não li e estou muito entusiasmada porque adoro a escrita do autor e quero ver o filme depois. Para além disso o próximo encontro é na Feira do Livro em Lisboa e parece-me ser um livro muito bom para discutirmos em conjunto. 

 

Outra novidade é a nova moderadora do Clube dos Clássicos Vivos, a Carolina Paiva, para os amigos, Holly Reader. Não podia ter ficado mais feliz por ela ter aceite o meu convite. Tem a energia, a atitude, aprecia clássicos, tem tudo o que este clube literário gosta e quer. Obrigada Carolina! 

 

 

 

 



Quem vai participar? Quem já leu? Quem está tão como eu?


Autoria e outros dados (tags, etc)

VEDA #18 FEMINISMO | COMO COMECEI A QUESTIONAR-ME

por Cláudia Oliveira, em 18.04.17

 

Neste vídeo conto como comecei a reflectir sobre o facto de ser mulher. Este foi o inicio de tudo, e por isso, hoje um dos meus maiores interesses é o papel da mulher e tudo o que ela representa. 

 

Subscreve o canal se queres continuar a acompanhar o VEDA.
Vídeos todos os dias às 18h em Portugal e 15h no Brasil

 

 

goodreads twitter instagram facebook

Autoria e outros dados (tags, etc)

VEDA #17 ESPECIAL "ROMANCES HISTÓRICOS" | SUGESTÕES

por Cláudia Oliveira, em 17.04.17

 

Os meus romances históricos preferidos e mais sugestões (quero ler!). Espero que gostem! Não é o meu género preferido, mas leio mais do que pensava. Estou curiosa para ver as próximas recomendações.

 

sobre a iniciativa

Mais sugestões amanhã no canal da Miúda Geek: AQUI

 

goodreads twitter instagram facebook

Autoria e outros dados (tags, etc)

VEDA #16 ESTE VÍDEO É MUITO ESPECIAL ( DO CORAÇÃO)

por Cláudia Oliveira, em 16.04.17

 

 

Reuni vários relatos e opiniões de amigos de longa data, de familiares e do marido para descobrir como eles olham para esta minha paixão pelos livros. Não podia ter sido melhor. Através de vários olhares, chego a várias conclusões: amar livros é especial. Estar rodeada de amigos e pessoas que nos amem é mais ainda. Sobretudo aquelas que nos conhecem as paixões. 

 

 

Subscreve o canal se queres continuar a acompanhar o VEDA.
Vídeos todos os dias às 18h em Portugal e 15h no Brasil

goodreads twitter instagram facebook

Autoria e outros dados (tags, etc)

VEDA #15 EXPECTATIVAS

por Cláudia Oliveira, em 15.04.17

 

 

Acabar com as expectativas é uma técnica que utilizo bastante e dá (quase) sempre resultado. Diz adeus às expectativas, aproveita a leitura como se fosse única sem comparações.

 

E tu, conta-me se as expectativas já te estragaram muitas experiências de leitura ou se também usas esta técnica.

 

Subscreve o canal se queres continuar a acompanhar o VEDA.

Vídeos todos os dias às 18h em Portugal e 15h no Brasil

 

 

goodreads twitter instagram facebook

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

VEDA #14 QUEM COME MUITA FRUTA OUVE DE TUDO

por Cláudia Oliveira, em 14.04.17

 

Quando me tornei vegetariana quando estava grávida. Quando comecei a contar tive de responder a muitas perguntas de a ouvir outras mil, mas tenho um truque. Venho partilhar esse truque para as pessoas que estão a mudar alguma coisa na alimentação (ou até na vida).

 

 

goodreads twitter instagram facebook

Autoria e outros dados (tags, etc)

VEDA #13 DE 5 EM 5 + LEITURAS EM ANDAMENTO (27)

por Cláudia Oliveira, em 13.04.17

 

 

Neste vídeo falo nas últimas cinco leituras concluídas e nas leituras em andamento. Gostei de todos os livros, uns mais do que outros. E as leituras em andamento são muito interessantes e diferentes. 

 

Livros lidos mencionados

"Paris é Uma Festa", de Ernest Hemingway

"A Tua Segunda Vida Começa Quando Percebes que Não Terás Outra", de Raphaëlle Giordano

"A Viúva Negra", de Daniel Silva

"leite e mel", de Rupi Kaur 

"Maria Bolinhos", de Catarina Duarte

 

Já leste algum? Curioso? 

Clube dos Clássicos Vivos   Leitura Conjunta AQUI

 

Subscreve o canal se queres continuar a acompanhar o VEDA.
Vídeos todos os dias às 18h em Portugal e 15h no Brasil

 

 

 

goodreads twitter instagram facebook

Autoria e outros dados (tags, etc)

2017-04-13_10.12.36.jpg

 

A francesa Raphaelle Giordano, coach de desenvolvimento e criatividade e pintora, lançou o seu primeiro romance "A tua segunda vida começa quando percebes que não terás outra". 

 

Camille é uma mulher casada e mãe, com trinta e oito anos. No meio de um temporal tem um acidente e resolve ir bater à porta da casa mais próxima onde é recebida com gentileza por um casal. Diante de uma chávena de chá desfaz-se em lágrimas. Ela revela que se sente perdida e infeliz. Claude apresenta-se como rotinólogo e oferece-lhe ajuda. Com mudança de hábitos, técnicas de coaching e auto estima ao longo de vários dias a vida de Camille vai ganhar um objectivo e mudar.

 

O livro reúne várias técnicas de desenvolvimento pessoal. Para quem conhece e tem interesse no assunto vai adorar o livro (foi o meu caso!). Para quem nunca ouviu falar em técnicas de coaching vai ficar confuso em alguns momentos. No final o livro tem todas as explicações necessários com as diversas técnicas implementadas ao longo do percurso da Camille.  No entanto, acho que o livro não desenvolve todas as técnicas. Engana-se quem pensa que o caminho para obter resultados é rápido e fácil. O desenvolvimento pessoal é um processo lento e diário.

 

Às vezes, somos felizes e não sabemos. Às vezes, não reparamos na beleza da natureza, no cheiro do café, no abraço de uma criança. Temos o poder de mudar as nossas vidas através da mente e gestos, mas insistimos culpar tudo à nossa volta. A atitude mental é muito importante. Estarmos rodeadas de boas energias é essencial. 

 

"A boa notícia é que temos o poder de mudar estes pensamentos. Ver tudo rosa ou ver tudo negro não é algo independente da nossa vontade..."

 

"Preguiça, fadiga, desencorajamento, os inimigos estão à espreita! Mas não fraqueje: o resultado recompensa."

 

É impossivel ler este livro e não tentar implementar algumas técnicas de desenvolvimento pessoal. E que tal começar por fazer uma lista daquilo que não quer mais na sua vida? E que tal ler este livro para ver como pode começar a segurar a felicidade antes dela escapar? 

 

Munkee_0413105417.jpg

 

 

A história é leve, bem disposta. Ideal para um fim de semana relaxado. Adorei e recomendo.

 

goodreads twitter instagram facebook

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



subscrever feeds