Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

amulherqueamalivros

CONQUISTOU O TOP DE VENDAS INTERNACIONAL

A Salvo Comigo.jpg

Diz que é para os fãs do livro "A Rapariga no Comboio". É impressão minha ou existem cada vez mais frases iguais a esta nas capas dos thrillers psicológicos. Não sei se gosto disto. Sobretudo porque não adorei o livro. Ouvi falar muito bem desta autora, para além disso já conquistou o top de vendas internacional, espero sinceramente surpreender-me com esta história. Ansiosa que chegue o meu exemplar.

 

SINOPSE


Há treze anos, alguém destruiu a vida dela. Agora, a vingança está ao seu alcance…

Anna é uma rapariga solitária que procura o equilíbrio na sua vida apoiando-se nas rotinas diárias. Não gosta de se aproximar das outras pessoas, pois conhece demasiado bem os danos que elas podem causar.

Até que, um dia, testemunha um acidente e reconhece a culpada: é Carla, a mulher que arruinou a sua vida no passado. Esta é a sua oportunidade de vingança. O primeiro passo é aproximar-se de Liam, o homem ferido no acidente, para poder seguir de perto a investigação policial.

Quando Carla também se aproxima de Liam, Anna percebe quais são as reais intenções de Carla: manipulá-lo… Mas ela não deixará que isso aconteça e tudo fará para proteger Liam e desmascarar esta impostora.

À medida que a obsessão de Anna por Carla se intensifica, outros segredos vão sendo revelados, mostrando que o perigo, afinal, pode vir de onde menos se espera.

NOVIDADES | AUTORES QUE NOS UNEM

unnamed (3).png

 

Mais confirmações, mais eventos! As novidades não param de chegar. 

 

Cristina Ferreira, José Rentes de Carvalho e a autora de livros infantis Luísa Ducla Soares e outros autores confirmaram as suas presenças na grande festa do livro. É melhor anotar tudo para não perder nada.  

 

 

Marca na tua agenda

Luísa Ducla Soares - 1, 3 e 11 de junho

Clementina Almeida - 3 de junho

José Rentes de Carvalho - 3 de junho

Gabriela Oliveira - 4 de junho

Filipa Fonseca Silva - 7 de junho

Isabel Valadão - 10 de junho

Joana Barrios - 11 de junho

Cristina Ferreira -13 de junho

Pedro Andersson - 15 de junho

André Freire - 17 de junho

João Pedro Porto  - 17 de junho

Rita Nascimento - 17 de junho

Álvaro Laborinho Lúcio - 18 de junho

Sara Cardoso - 18 de junho

 

"RUN THE WORLD" | SUGESTÕES

- Terminar  "Feud"

- Ver a actriz Julia Kijowska no seu último filme 

- Começar "A Educação de Eleanor", de Gail Honeyman

 

 

O projecto é para enaltecer o trabalho das mulheres por este mundo fora. Somos muitas. Precisamos de elogiar as mulheres e contribuir para a sua divulgação. Sem julgamentos, de mente aberta. A sociedade cresce e o mundo ficará melhor quando os preconceitos/julgamentos acabarem. 

"HOMENS IMPRUDENTEMENTE POÉTICOS" | VALTER HUGO MÃE

2017-05-17_11.56.01.jpg

 

Fico tão feliz por não ter desistido deste escritor. Foram quatro livros antes de me apaixonar por ele. "O Filho de Mil Homens"; "Contos de Cães e Maus Lobos"; "A Desumanização" e "A Máquina de Fazer Espanhóis" fizeram parte das minhas leituras ao longo dos anos, mas ainda não estava convencida. Gostei sem amar. Amei sem saber. 

 

Valter Hugo Mãe tem o dom de conquistar os seus leitores através das inúmeras metáforas e forma poética na hora de contar uma história. Sem precisar de muita acção, ele prova que não é (só) a história que interessa, é a forma como as palavras nos acertam. Foi certeiro. Ou talvez eu estivesse no momento certo para as receber. Ou maturidade. Parece muito espiritual dito desta forma, mas não sei transmitir de outra.

 

Foi um livro que passou muito tempo comigo. O meu sentimento por ele cresceu ao longo dos dias. Tão grande este amor que entrou para a lista dos preferidos deste ano. Estava na hora Valter Hugo Mãe, estava na hora de reconhecer e baixar as defesas. Fui uma leitora desconfiada durante muito anos. Por pensar que não passavam de uma série de frases bonitas escolhidas de propósito para provocar sentimentos tristes e bonitos. Estava redondamente enganada. E ainda bem. 

 

Há uma evolução, uma inovação na sua escrita. A cada livro o autor transforma-se. Cria uma linguagem muito própria. É possível? Respeitei o ritmo lento do livro e consegui mergulhar na história. O escritor é muito poderoso na forma como apresenta a história. Somos levados lentamente para dentro da magistral floresta japonesa mais conhecida como a “Floresta dos Suicidas”. Senti-me muito pequena perante o tamanho e o silêncio desta história. Senti o peso e a leveza nas palavras do Valter Hugo Mãe. Admiro a capacidade de alguém, através das suas palavras, revelar sentimentos desconhecidos. Conheci uma família, bebi da sua cultura e conhecimento. 

 

Aquelas árvores gigantes com cordas a balançar ao vento causa-me uma sentimento de admiração e curiosidade. Um livro capaz de trazer calma aos dias mais agitados e vários murros no estômago para não adormercemos com tanta paz. Não sei como é que o autor faz isto, mas é brilhante. Este é o meu Valter Hugo Mãe preferido. Finalmente. 

 

(comprei este livro, como compro todos os outros do autor)

DIFERENTES E BONS EM JUNHO

Junho está a chegar. Vamos ter bons projectos durante todo o mês. 

 

received_1466479856747958.png

 

 

"KidsRus" na página das Marauders ou no Instagram. Este grupo prima pela originalidade e prémio final. Eu vou participar. Claro!

 

received_1667386136623067.jpeg

 

 

"Projecto Junho LGBT", criado pelo canal Sara Cristina . Um projecto para sair da zona de conforto. Gosto bastante da iniciativa. Se conseguir incluir algum livro da minha estante ou biblioteca participo com muito gosto. Já tenho um livro em mente. 

"A FLOR AMARELA" | ANABELA MOTA RIBEIRO

Instasize_0520130136.jpg

 

Um trabalho académico que virou livro-ensaio relacionado com o romance de Machado de Assis intitulado "Memórias Póstumas de Brás Cubas". Um clássico há muito tempo na minha lista de livros para ler um dia. 

 

Sem dar respostas, a autora levanta questionamentos através das palavras da personagem emblemática Brás Cubas. Ele revela uma enorme força e franqueza no momento de expor os seus medos e dúvidas. Afinal, não tem nada a perder. Está morto, pode ser sincero quantas vezes quiser. Isso torna-o muito interessante. Entendo porque é o livro da vida de muitos leitores assim como o fascínio por esta personagem. 

 

Teria ganho mais com a leitura do clássico antes de ter lido este. Estaria familiarizada com a história, teria a sensação de reencontro com uma personagem memorável. Desta forma não passou de um leitura de alguém leiga na matéria e com pouco aproveitamento. No entanto, fiquei com vontade de ler a obra clássica de Machado de Assis. Se era um dos objectivos da autora, foi concretizada. 

 

Os meus capítulos preferidos são aqueles focados na relação de Brás Cubas com a mãe e a forma como enfrentou a morte desta. Foi aqui que o livro teve todo o meu interesse. Quem me segue há algum tempo sabe o quanto sou aficionada pelo tema. Também gosto bastante do capitulo sobre a vida, uma excelente divagação em relação à expressão "Era preciso viver".  O que corresponde viver?

 

 "Quando se dá a morte e alguém tão próximo como a mãe, não só se experimenta uma dor aguda que resulta da perda como se compreende que um dia se vai morrer também. Deixam de existir barreiras, outros elos uma cadeia sequencial e lógica. Fica-se órfão."

 

É notável a admiração da autora pelo protagonista de "Memórias Póstumas de Brás Cubas". Foi subtil na forma como mostrou essa paixão pela obra . É um excelente livro para quem pretende reencontrar ou conhecer Brás Cubas pela visão da jornalista que nasceu no mesmo dia (20 de outubro) que a criação de Machado de Assis.

 

 (livro cedido pela editora)

 

CONTAGEM DECRESCENTE | TAG "FEIRA DO LIVRO"

 

Faltam 8 dias! 

 

Criei uma TAG chamada "Feira do Livro" com 9 itens relacionados com a nossa linda festa do livro. 

 

LISBOA - Indica um livro que se passe em Lisboa

SOL - Indica um livro para ler no Verão

FARTURAS - Indica um livro doce

EVENTOS - Qual o autor que devia ir à Feira do Livro?

EDITORA - Elege as tuas três editoras preferidas

HORA H - Indica um livro muito bom com mais de 18 meses

AUTORES- Já pediste autógrafos? Mostra!

LIVROS - Mostra dois livros que compraste nos meses anteriores e ainda não leste

LISTA DE DESEJOS - Revela dois livros que pretendes comprar este ano

 

 

 

 

goodreads twitter instagram facebook