Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




SOU LEITORA BETA CONTACTE-ME PARA AVALIAÇÃO contactoclaudiaoliveira@gmail.com

BREVEMENTE

Resultado de imagem para mario de carvalho novidade porto editora  Cronovelemas






CLUBE DOS CLÁSSICOS VIVOS

Resultado de imagem para a ilustracasa de ramires asa eça

Maratona Literária Fusão | os livros escolhidos

por Cláudia Oliveira, em 23.07.16

Hoje vou mostrar todos os livros que escolhi para a Maratona Literária Fusão. Começa já na segunda-feira e vai até domingo, dia sete de Agosto. Decidi escolher livros mais virados para o público adolescente. Claro que também escolhi três livros mais de acordo com o meu gosto literário. Depois de lidos os livros vão ser entregues à minha irmã Daniela do blog DeLivros, a outra autora da maratona. Excepto dois livros desta lista. Se ela quiser, claro. Gosto de sair da caixinha e ler um pouco de tudo. Não me julguem. 

 

Em Julho e Agosto gosto de ler livros leves e deixar os mais pesados para as outras estações do ano. Vai daí, de forma a cativar alguns leitores mais jovens e incentivar a minha mana a ler decidi virar uma adolescente durante alguns dias. Aqui ficam as minhas escolhas. 

 

ler um livro com menos de 200 paginas

IMG_1779.JPG

ler um livro que esteja na tua estante há mais de um ano

IMG_1781.JPG

 

ler um livro escrito por uma mulher

IMG_1782.JPG

 

ler um livro de um autor novo

IMG_1783.JPG

 

 

ler um livro recomendado por outra pessoa

IMG_1780.JPG

 

Já leram algum? Têm curiosidade em relação a algum? Vão participar? 

 

Boa maratona! Agora vou escolher o primeiro para começar na segunda feira. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Maratona Literária Fusão

por Cláudia Oliveira, em 22.07.16

Hoje nasceu uma ideia, uma maratona literária criada por mim e pela minha irmã Daniela do blog DeLivros. O objectivo é simples, promover a leitura em tempos de férias e partilhar opiniões. Vamos malta? Todos podem participar, basta escolher os livros de acordo com os temas que seleccionámos e ler do dia 25 de Julho (segunda) até ao dia 7 de Agosto (domingo). Duas semaninhas. 

Os temas são:

 ler um livro que esteja na tua estante há mais de um ano

ler um livro escrito por uma mulher

ler um livro de um autor novo

ler um livro com menos de 200 paginas

ler um livro recomendado por outra pessoa

 

Vamos largar os pokemons e todas as redes sociais e pegar num livro? Ler ao ar livre, à beira mar ou da piscina também um tema actividade. Amanhã venho mostrar tudo o que escolhi para esta maratona, estou a ponderar escolher só livros leves. Livros virados para o público mais jovem para dividir com a minha irmã as minhas opiniões. 

 

Domingo à meia noite começa. Todos os dias virei contar como correu o dia. E claro, ver o que a minha irmã anda a ler. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um pouco de cinema com... A Canção de Lisboa

por Cláudia Oliveira, em 22.07.16

373399_pt.jpg

 

Ontem tive a sorte de ir ao cinema ver A Canção de Lisboa, o novo filme de Pedro Varela. O filme surpreendeu-me imenso. O Cesar Mouraão está um espectaculo. Adorei a quimica que ele tem com a actriz brasileira Luana Martau. Aliás, acho que ela é fantastica e encaixou lindamente no papel de Alice. E tem uma voz linda. Este filme fez-me rir muito, ao contrário do casal trombundo que estava sentado ao meu lado e não mostrou um pingo de alegria. No final fiquei com um sorriso enorme no rosto e saudades do tempos de paixão. Um dos melhores filme que vi este ano. Tirando o papel da Maria Vieira e de algumas frases feitas, adorei tudo. Nove estrelas. 

 

E já conhecem a canção cantada pelos protagonista? Vale muito a pena!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um pouco de cinema com...10 Cloverfield Lane

por Cláudia Oliveira, em 21.07.16

13709874_10154282136039323_2795870920462330749_n.j

 

Gostam de filmes de suspense? Vejam! Quanto menos souberem melhor. Tal como eu, serão surpreendidos até ao final. Estive sempre presa ao ecrã. Eu gostei bastante deste filme e recomendo imenso. Ok, o final podia ser diferente e foi aí que o filme descambou, mas não deixa de ser um bom filme, com uma excelente interpretação do John Goodman. Vejam! Não se vão arrepender. Dei oito estrelas. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Veja Mais Mulheres | Summerchild | Iris Olsson

por Cláudia Oliveira, em 21.07.16

13716000_10154281810084323_7982526307133323389_n.j

 

Iris Olsson é finlandesa, realizou este documentário em 2007. O documentário chama-se Summerchild (8.1IMDb). 

 

A história é tocante e necessária. Mostra um casal que apadrinha alguma crianças de orfanatos e recebe uma menina em casa durante as férias de verão. Eles têm nacionalidades diferentes. Ás vezes a comunicação entre eles é difícil mas acabam sempre por entender a mensagem. Por exemplo, numa visita ao supermercado a menina aponta para o leite de soja. Eles pensam que ela é alérgica, mas ela estava só a pedir para comprarem leite. Acabaram por chegar a essa conclusão devido a alguns pormenores. Eu achei este documentário de uma sensibilidade enorme. É bonito ver a amizade que esta menina tem com a filha do casal, assim como a bondade do casal em relação às crianças. 

 

Infelizmente é dificil de encontrar este documentário, mas se tiverem oportunidade assistam. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Livro | Zoran Zivkovic

por Cláudia Oliveira, em 21.07.16

LTWM9921.jpg

 

No Goodreads

Minha pontuação 4*

 

O livro é o narrador deste livro e começa desta forma: "Não é fácil ser um livro".


Primeiro começa por mostrar a importância dos livros para a memória da humanidade. "Teriam esquecido tudo. E como poderia alguém apresentar-se como um indivíduo inteligente, se não recordasse o seu próprio passado, incluindo o passado recente?". Chama a atenção para o tratamento que damos aos livros, como deviam ser tratados. Afinal eles dão tanto e pedem tão pouco em troca. Compara os livros às mulheres num mundo machista. Como serviram de objecto de puro exibicionismo desde o aparecimento da roda, divagando por vários tipos de leitor e sentimentos em diversas situações.

Existe uma pequena referência à famosa casa de banho que continua no primeiro lugar de popularidade para os leitores. Faz questão de mostrar que se sentem humilhados nessa situação privada.

Este livro fez-me reflectir sobre a minha postura como leitora e na minha relação com os livros. Fica o aviso: se este livro for lido por uma pessoa que adora sublinhar as melhores partes, não irá largar a caneta até chegar ao fim. Aliás, só para que saibam, os livros não gostam de ser sublinhados.

O livro vai passear pelo quotidiano e analisar a nossa relação com os livros, vai entrar na nossa privacidade e dizer o que pensam. A humidade pelos olhos de um livro. Parece interessante? É muito interessante!

Discordei de algumas comparações que este livro resmungão faz. Sobretudo quando fala nas bibliotecas. Mas não vos vou contar com quem relaciona as bibliotecas. Precisam de ler para descobrir. Depois podemos voltar a falar no assunto.

 

Fica a recomendação sobretudo para os leitores que adoram, como eu, ler sobre livros. Eu pretendo ler tudo o que este autor escreveu. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Clube dos Clássicos Vivos | Votação do livro

por Cláudia Oliveira, em 19.07.16

Já podem votar no clássico para Agosto. O vencedor será lido durante o mês de Agosto, o clássico votado em segundo lugar será lido em Setembro. A votação está aberta até dia 22 de Julho. Podem consultar AQUI

Obrigada!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mystic River | Dennis Lehane

por Cláudia Oliveira, em 16.07.16

IMG_1665.JPG

 

No Goodreads

Minha pontuação 4*

 

É o segundo livro que leio deste autor e mais uma vez gostei muito. Não costumo ler policiais, mas durante as férias gosto imenso. Este ano não foi excepção. Já me tinham recomendado este livro, quando o vi na biblioteca não resisti. É uma autor que não desilude. Pretendo ler brevemente mais um, trago na minha próxima visita à biblioteca. 

 

Sean, Jimmy e Dave são amigos. Enquanto brincavam na rua são abordados por dois homens que se apresentam como policias. De forma ameaçadora, conseguem convencer o Dave a entrar no carro e desaparecem. Na verdade, não são policiais e vão abusar do pequeno. Este episódio irá marcar a vida dos três, sobretudo do Dave que mais tarde aparece e afasta-se dos amigos. Anos depois, os três irão encontrar-se depois da filha do Jimmy ser encontrada morta. Sean é policia e vai investigar o crime. 

 

O enredo é fantástico. Dennis tem um talento imenso em criar personagens complexas, profundas. A história consegue prender e surpreender em alguns momentos. Tem a intensidade certa nos momentos mais emotivas. Para além do crime principal somos levados a conhecer os problemas que outros personagens carregam. É muito bom.

 

Depois do livro, fui ver o filme. É bastante fiel e recomendo imenso. Interpretações excelentes. Claro que não me surpreendi em momento algum, mas valeu muito a pena. 

 

Recomendo muito. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um pouco de cinema com... Psicopata Americano

por Cláudia Oliveira, em 16.07.16

13681043_10154283663259323_6093899332870663663_n.j

 

Como é que nunca tinha ouvido falar neste filme?

 

Recentemente dei de caras com a nova edição do livro Psicopata Americano, mas foi por causa do vídeo da Dora (viciada nos vídeos dela, vejam!) sobre o filme e o livro que decidi assistir. E não saí defraudada, pelo contrário, foi uma excelente experiência. Adorei! E recomendo imenso!

 

Patrick Bateman (Christian Bale) é um homem inteligente, rico, bem sucedido, com uma aparência fantástica. Tem um gosto pela música muito bom. Vive rodeado de pessoas do mesmo nível. Pessoas obcecadas e bastante competitivas. O filme é realmente uma critica a uma sociedade que vive da aparências.  

 

A banda sonora é brutal. Adorei. As cenas de violências comandas pelo ritmo da música estão brutais. Este filme tem cenas inesqueciveis. É aquele genero de filme que perdura, marca, questiona. Adorei absolutamente. As interpretações são fantásticas. Christian Bale está poderoso neste filme. E o que dizer deste final? Surpreendente! 

 

8/10

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um pouco de cinema com... Mia Madre

por Cláudia Oliveira, em 15.07.16

 

Finalmente vi o filme do realizador italiano Nanni Moretti. Este filme recebeu vários prémios em 2015.

O enredo é simples. Conta a história de uma mulher que lida com o divórcio, está a produzir o seu primeiro filme e tem a mãe doente. A actriz Margherita Buy que dá vida à protagonista está excepcional. Aliás, todas as interpretações são fantásticas. Gostei da carga nostalgica que o filme transmite. Esta mulher tem de enfrentar diversos desafios e nós somos absorvidos pelas suas preocupações. Ter a mãe numa cama de hospital deve ser duro. E realmente eu sofri com a protagonista. 

Gostei, mas tem vários momentos chatinhos. 

Autoria e outros dados (tags, etc)




SOU LEITORA BETA CONTACTE-ME PARA AVALIAÇÃO contactoclaudiaoliveira@gmail.com

BREVEMENTE

Resultado de imagem para mario de carvalho novidade porto editora  Cronovelemas






CLUBE DOS CLÁSSICOS VIVOS

Resultado de imagem para a ilustracasa de ramires asa eça