Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O Mundo: 12 livros, 12 receitas (Janeiro)

por Cláudia Oliveira, em 31.12.13
Para iniciar o Desafio Literário "O Mundo: 12 Livros, 12 Receitas" escolhi o autor Markus Zusak. É o autor do livro A Rapariga que Roubava Livros. Li este livro há algum tempo atrás. Gostei da história, principalmente da narradora, a Morte. Como li em ebook quero fazer uma releitura antes da estreia do filme em Portugal, dia 23 de Janeiro. A minha edição é linda, como podem ver pela imagem, foi comprada com um super desconto na Feira do Livro em Lisboa. 
Markus Zusak
Markus Zusak é um autor australiano. Escreveu outros romances mas ficou conhecido com este best-seller publicado pela primeira vez em 2005. 
A primeira coisa que me vem à cabeça quando penso em Austrália são os cangurus. E praias. E vocês?
Em relação à gastronomia, fiquei surpreendida com aquilo que descobri. Bastante frequente nos frigoríficos dos australianos são os "meat pie", uma torta de carne moída, vendida em qualquer esquina ou na zona dos congelados no supermercado. Eles também comem carne de canguru, facilmente encontram no supermercado com preços altos. Só de pensar... acho que não seria capaz de comer. Outra refeição bastante apreciada é o "Fish and Chips", consiste em peixe frito e batatas fritas. Pouco saudável, não é verdade? A sobremesa mais frequente é a Pavlova. Até fico com água na boca só de ver as fotos. 

 

Será engraçado conhecer outros sabores e experimentar receitas novas. Janeiro será assim, Austrália estará numa casa portuguesa. 
Trailer do filme

Autoria e outros dados (tags, etc)

Leituras de 2013 - Autores

por Cláudia Oliveira, em 31.12.13

Adams, Douglas

Agualusa, José Eduardo 

Amaral, Domingos

Andrade, Carlos Drummond de

Audeguy, Stéphane

Auel, Jean M.

Austen, Jane

Baum, L. Frank

Bolaño, Roberto

Boyne, John

Bradbury, Ray

Brown, Dan

Bukowski, Charles

Camacho, Francisco

Camarneiro, Nuno 

Camus, Albert

 

Capote, Truman 

Carvalho, Maria Judite de

Christie, Agatha

Collins, Suzanne

Condie, Ally

Cruz, Afonso 

Dahl, Roald

DeLillo, Don

Delacourt, Grégoire

Dickens, Charles

Dicker, Joël

Egan, Jennifer

Esquivel, Laura

Faria, Rosa Lobato de

Flynn, Gillian

Fonseca, Rubem

Frank, Juliana

Gaiman, Neil

Galbraith, Robert

Galeano, Eduardo

Goethe, Johann Wolfgang von

Gogol, Nikolai

Gonzalez, Maria Teresa Maia

Green, John 

Grey, Sasha

Halfon, Eduardo

Highsmith, Patricia

Hopkinson, Christina

Hugo, Victor

Kanehara, Hitomi

Kerouac, Jack

King, Stephen 

Kleinbaum, N.H.

Lagerlöf, Selma

Lispector, Clarice

Llosa, Mario Vargas

London, Jack

Lovecraft, H.P.

Lísias, Ricardo

Matheson, Richard

Millan, Cesar

Morrison, Toni

Murakami, Haruki

Mãe, Valter Hugo

Nascimento, Cesar 

Negreiros, José de Almada

Neves-Neves, Ricardo

Oliveira, Carmen L

Ondjaki

Palacio, R.J.

Peixoto, José Luís 

Pepetela

Perkins, Stephanie 

Piñol, Albert Sánchez

Poe, Edgar Allan

Quick, Matthew 

Redmerski, J.A.

Richardson, Nigel

Rilke, Rainer Maria

Robotham, Michael 

Rocha, Luis Miguel 

Rosa, Isaac

Roth, Philip

Sankovitch, Nina 

Santos, Margarida Fonseca

Shakespeare, William

Smith, Jennifer E.

Tavares, Gonçalo M.

Telles, Lygia Fagundes

Tordo, João

Townsend, Sue

Twain, Mark

Vermes, Timur

Vian, Boris

Wilde, Oscar

Yates, Richard

Yoshimoto, Banana

Zweig, Stefan

 

94 Autores Lidos

José Luís Peixoto e José Eduardo Agualusa foram os autores que mais li. Três livros cada. 

Li pela primeira vez 73 autores.

Os meus autores preferidos deste ano são Victor Hugo, Jack Kerouac, Afonso Cruz e T. Capote.

Os autores que me desiludiram  este ano foram Sue Townsend, Jose Rodrigues dos Santos e DonDelillo.

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Leituras de 2013 - Clássicos

por Cláudia Oliveira, em 31.12.13

 

Pela Estrada Fora de Jack Kerouac

 

Retrato de Dorian Grey de Oscar Wilde

 

Retrato de Gogol

 

Lobo do Mar de Jack London

 

As Aventuras de Tom Sawyer de Mark Twain

 

O Maravilhoso Mundo de Oz de L. Frank Baum

 

Histórias Extraordinárias de Edgar Allan Poe

 

Os Miseráveis de Victor Hugo

 

A Espuma dos Dias de Boris Vian 

 

As Meninas de Lygia Fagundes Telles

 

O Livro dos Abraços de Galeano

 

A Paixão do Jovem Werther de Goethe

 

Cartas a um jovem Poeta de Rainer Maria Rilke

 

Sangue Frio de T. Capote

 

Carrie de S. King

 

Clube dos Poetas Mortos de Kleinbaum

 

A Queda de Camus

 

A Engomadeira de Almada Negreiros

 

Eu Sou a Lenda de R. Matheson

 

Fahrenheit 451 de Ray Brabury

 

Romeu e Julieta de W. Shakespeare

 

Contos de Natal de Charles Dickens

 

Orgulho e Preconceito de Jane Austen

 

Preferidos

 

A Sangue Frio de T. Capote

 

Os Miseráveis de Victor Hugo

 

Clube dos Poetas Mortos de Kleinbaum

 

Pela Estrada Fora de Jack Kerouac

 

 

Desilusões 

 

Fahrenheit 451 de Ray Brabury

 

As Aventuras de Tom Sawyer de Mark Twain

 

Surpresas

 

O Maravilhoso Mundo de Oz de L. Frank Baum


Retrato de Dorian Grey de Oscar Wilde

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Leituras de 2013 - Autores Portugueses

por Cláudia Oliveira, em 30.12.13

autores.jpg

Ano Sabático de João Tordo

 

A Filha do Papa de Luís Miguel Rocha

 

No Meu Peito Não Cabem Pássaros de Nuno Camarneiro

 

É Bela a Puta da Vida de Miguel Esteves Cardoso

 

A Engomadeira de Almada Negreiros

 

Páginas do Páginas Soltas de Bárbara Guimarães

 

Seta Despedida de Maria Judite Carvalho

 

Enquanto Salazar Dormia de Domingos Amaral

 

A Última Canção da Noite de Francisco Camacho

 

Vento Suão de Rosa Lobato Faria

 

Guarda na Praia de Maria Teresa Gonzalez

 

Livro de José Luís Peixoto

 

Jerusalém de Gonçalo M. Tavares

 

Morreste-me de José Luís Peixoto

 

O Homem de Constantinopla de José Rodrigues dos Santos

 

A Porta Fechou-se e a Casa era Pequena de Ricardo Neves-Neves

 

Para Onde Vão os Guarda-Chuvas de Afonso Cruz

 

Dentro do Segredo de José Luís Peixoto

 

Uma Pedra Sobre o Rio de Margarida F. Santos

 

 

A Misteriosa Mulher da Ópera de vários

 

Preferidos

 

No Meu Peito Não Cabem Pássaros de Nuno Camarneiro

 

Para Onde Vão os Guarda-Chuvas de Afonso Cruz

 

Livro de José Luís Peixoto

 

Desilusões

 

Vento Suão de Rosa Lobato Faria

 

O Homem de Constantinopla de José Rodrigues dos Santos

 

Enquanto Salazar Dormia de Domingos Amaral Surpresas

 

A Misteriosa Mulher da Ópera de vários Ano Sabático de João Tordo

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pódio de Leituras de 2013

por Cláudia Oliveira, em 30.12.13
podio.jpg


1.Para Onde Vão os Guarda-Chuvas de Afonso Cruz

2.Os Miseráveis de Victor Hugo

3.Clube dos Poetas Mortos de Kleinbaum

4.Sangue Frio de T. Capote

5.No Meu Peito de Não Cabem Pássaros de Nuno Camarneiro

6.Pela Estrada Fora de Jack Kerouac

7.Ele Está de Volta de Timur Vermes

8.Retrato de Dorian Grey de Oscar Wilde

9.O Tímido e as Mulheres de Pepetela

10.O Herói Discreto de Mario Vargas Llosa

Menção Honrosa

O Anjo Literário de Eduardo Halfon

Em Parte Incerta de G. Flynn

Autoria e outros dados (tags, etc)

Melhores Leituras de 2013 - mês a mês

por Cláudia Oliveira, em 30.12.13
melhores.jpg


Livros lidos: 104

Melhor Leitura de Janeiro: Pela Estrada Fora de Jack Kerouac

Melhor Leitura de Fevereiro: Em Parte Incerta de G. Flynn

Melhor leitura de Março: Os Miseráveis de Victor Hugo

Melhor Leitura de Abril: Ano Mágico das Leituras de Nina Sankovitch

Melhor Leitura de Maio: Sangue Frio de T. Capote

Melhor Leitura de Junho: No Meu Peito Não Cabem Pássaros de Nuno Camarneiro e Clube dos Poetas Mortos de Kleinbaum

Melhor Leitura de Julho: Anna e o Beijo Francês de S. Perkins

Melhor Leitura de Agosto: O Assassinato de Roger Achroyd de Agatha Christie

Melhor Leitura de Setembro: Livro de José Luís Peixoto

Melhor Leitura de Outubro: Ele Está de Volta de Timur Vermes

Melhor Leitura de Novembro: Para Onde Vão os Guarda-Chuvas de Afonso Cruz e Amada de Toni Morrison

Melhor Leitura de Dezembro: Orgulho e Preconceito de Jane Austen

Autoria e outros dados (tags, etc)

Leituras para Janeiro

por Cláudia Oliveira, em 29.12.13

Vídeos dos desafios

TAG - O Mundo: 12 Livros, 12 Receitas (criada por mim)
http://www.youtube.com/watch?v=VbVOQjmWcVc

 

Pote da Sorte
http://www.youtube.com/watch?v=l24XZouzovM

 

TAG - 7 Autores para 2014 (criada por mim)
http://www.youtube.com/watch?v=qoHcAaG8uYM

 

Amigo Secreto Literário
http://www.youtube.com/watch?v=uZ6V9Ub5ZmY

 

Vídeos mencionados:

TAG - 12 Livros para 2013 (criada por mim)
http://www.youtube.com/watch?v=-tZntxhQWUs

 

TAG - Pergunta-me sobre 2012 (criada por mim)
http://www.youtube.com/watch?v=04luIHqfWHo

 

Blog da Catarina
http://asonhardeolhosabertos.blogspot.pt/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um pouco de cinema com "O Mordomo"

por Cláudia Oliveira, em 28.12.13

 

Acabei de ver "O Mordomo". É um filme muito bom. Recomendo. Tem uma história incrível. Personagens, diálogos muito bons. É inspirado em factos reais. Factos emocionalmente complicados de aceitar. Incomodaram-me algumas imagens.

 

Racismo, desde a década de 60 até não há muito tempo, os negros eram tratados de forma horrível pela comunidade branca. Senti nojo, confesso. Como é que possível alguém ter sido tratado daquela forma? Este filme é também uma lição de história. Fiquei a respeitar mais alguns presidentes, aprendi alguns factos que desconhecia. As cenas na Casa Branca estão muito bem realizadas. 

 

Gostei da participação da Oprah, ela está muito bem. Uma mulher frustrada com a ausência do marido, porque este dedica a maior parte do seu tempo a trabalhar descuidando o seu próprio lar. Ela afoga as suas mágoas no álcool. O marido dela é o mordomo, a figura principal deste filme, o homem que vai ver os seus pais morrerem muito cedo mas manter uma postura correcta, de acordo com os seus ideais.

 

Vale muito a pena.   

Autoria e outros dados (tags, etc)




Sete autores portugueses juntaram-se e escreveram este livro. Nomes como Afonso Cruz, Alice Vieira e David Machado suscitaram a minha curiosidade em relação a este livro. A capa também me cativou, assim como o título.


Não li a sinopse, gosto de descobrir a história ao longo da leitura. Na capa, fui avisada - "De uma coisa podemos ter a certeza: as coisas não são como são". Comecei a ler este livro sem nenhuma expectativa, sem ter lido alguma opinião previamente. 


O primeiro capítulo começa por apresentar o personagem Sebastião, ou Roda. Sebastião apaixona-se por uma mulher em pleno Teatro São Carlos mas esquece-se do seu rosto. Vive amargurado com esse facto, mergulhado em absinto. Ele encontra, logo nas primeiras páginas e para piorar o drama em que vive, a mãe morta. Verde no pescoço, com um cheiro horrível. E o quê que ele faz? Mete uma ventoinha contra a pobre senhora em direcção à janela. A história é tão bizarra que até a morte que podia ser um tema pesado é retratado com humor. 


Infelizmente não sei quem é o autor deste divertido capítulo. Não temos indicação em momento algum. Pelo tema, diria que é David Machado. Pela referencia aos chapéus, diria que é Afonso Cruz. Vou ficar na ignorância. 


Estou entusiasmada com a leitura deste livro. O primeiro capítulo é dinâmico, divertido e muito criativo. A leitura perfeita para depois de um clássico. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Orgulho e Preconceito" de Jane Austen

por Cláudia Oliveira, em 27.12.13

Decidi ler este livro há muito tempo atrás mas a edição da biblioteca era péssima e só voltei a arriscar quando comprei esta edição linda da Editora Civilização. Aconselho este edição para quem está a pensar comprar o livro. Demorei seis dias para terminá-lo, a leitura é feita de forma lenta. Este livro não com certeza o melhor livro para leitores de leitura rápida, é para apreciadores com paciência para uma boa historia.

 

O que conta este romance?

 

O romance conta a história de amor de Elizabeth e Mr. Darcy, na Inglaterra no XIX século . Como indica o título, ambos são levados a passar por cima dos seus defeitos e preconceitos para aceitar o amor. Existe também uma critica à sociedade inglesa naquela época. Mulheres preparadas e unicamente interessadas no casamento. 

 

O que mais gostaste?

 

Dos personagens. Adorei Mr. Darcy, nunca consegui odiá-lo. Gosto imenso de personagens misteriosos, caixas de surpresas. Ele encantou-me. Adorei o pai de Elizabeth, é o pilar daquela família, diz sempre as coisas certas. Acho que Jane Austen consegue construir muito bem todos os personagens, tornando-os humanos, com defeitos e qualidades. A história tem imensos personagens, dá um belo retrato da sociedade daquela época. 

 

A história de amor é muito bonita. Romper com os preconceitos e aceitar a chegada do amor é o momento alto do casal protagonista. O orgulho cega-nos. Não nos deixa aceitar a verdade. Ela, mais que ele, luta contra si mesma e quando percebe que está apaixonada sente-se aflita, com medo de aceitar os seus sentimentos. Ela tira conclusões precipitadas em relação ao carácter do Mr. Darcy. Nós também somos levadas ao engano. 

 

O que menos gostaste?

 

A narrativa é lenta. Foi difícil para mim entrar no romance. Arrastei até à página cem. Depois, comecei a gostar, acabei por ficar rendida no final. É o único ponto menos positivo, mas faz parte das características da autora. 

 

Mrs. Bennet é a personagem que mais me irrita ao longo desta história. Está permanentemente obcecada com o casamento das filhas e com o dinheiro dos genros. Acho-a fútil e extremamente irritante. Contudo, é uma personagem crucial nesta história. 

 

Recomendas o livro?

 

Sem dúvida. É um clássico muito bem escrito. Recomendaria sobretudo a apreciadores de clássicos e histórias de época. Outra recomendação é o filme, que apesar de inferior, está muito bonito. 

 

Conclusão

 

Que história maravilhosa! Estou completamente rendida depois de tanto resmungar com a lenta escrita de Jane Austen

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/4




Mais sobre mim

foto do autor


AUTORES QUE NOS UNEM

VISITA O SITE


subscrever feeds